Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 21 de novembro de 2017

Ucrânia e Peru põem a nota internacional ao festival folclórico

Também participam a escola municipal de danças e o grupo {Cogolla}. Os fatos corantes e as acrobacias surpreendem ao público presente no lotação

SOLEDAD GÓMEZ prov-badajoz@extremadura.elperiodico.com VILLANUEVA DE LA SERENA
13/08/2017

 

Ontem à noite a Praça/vaga de Espanha de Villanueva de la Serena foi o cenário que acolheu o Festival Internacional de Danças {Folklóricas} ‘Antonia Tejeda’ em seu trigésimo sétima edição, coincidindo com o Festival {Folklórico} dos Povos/povoações do Mundo na Extremadura. Organizado pelo Câmara Municipal e o Grupo {Cogolla} com a colaboração da Federação Extremenha de Folclore, tornou-se num dos eventos culturais mais antigos que se celebram na cidade, e que permitiu aos {villanovenses} chegar às costumes e tradições de mais de cinquenta países.

Perante uma praça/vaga cheia até à bandeira, o festival começou com o tradicional flatulencia dos grupos ‘{Gorlytsia}’ de {Kiev} em Ucrânia, a {Compañia} de música e dança ‘Peru Místico’, que substituiu ao grupo ‘{Arbana}’ de Albânia previsto, fechando os anfitriões, o Grupo ‘{Cogolla}’. Também não faltou uma representação da pedreira/formação do folclore local, com os alunos da Escola Municipal de Folclore.

A garridice dos fatos dos grupos participantes, que no caso de Ucrânia luziu os cores do arco-íris, chamaram poderosamente a atenção com o movimento de suas acrobacias. Igualmente atrativos foram as indumentárias peruanas, coloridas umas e com um toque indígenas e selvagem as outras. O fecho à velada o puseram a Escola Municipal de Danças {Folklóricas} e o Grupo local {Cogolla} que deram o melhor de cada um com temas novos e de antanho.

As notícias mais...