Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 14 de novembro de 2018

O PP denúncia que a {Sierrecilla} está num estado de «abandono»

Seu porta-voz diz que na quinta não há ameixeiras nem oliveiras, tanto/golo só/sozinho {cardenchas}

RAÚL HABA prov-badajoz@extremadura.elperiodico.com DON BENITO
26/05/2018

 

O Partido Popular de Don Benito lamenta que depois de/após três anos de governo do PSOE à frente do Câmara Municipal, com José Luis Quintana à cabeça, a quinta municipal a {Sierrecilla} se encontre num estado de «total abandono».

Através de seu porta-voz, María José Valadés, o PP {dombenitense} recorda que, primeiro o governo de Quintana fez um alargamento de capital a {Agrimusa} de 400.000 euros para plantar ameixeiras na citada quinta, «umas ameixeiras que a data de hoje não se sabe onde estão nem que passou com eles», afirma.

Depois disseram que em vez de ameixeiras se semeariam oliveiras, «árvores estes dos que também não há nem rasto na quinta municipal, na qual {trístemente} só/sozinho há {cardenchas} e más ervas», sustenta a porta-voz da oposição/concurso público.

Já, como terceira medida, Quintana e seu plantel/elenco do PSOE, «construíram uma jangada no meio da quinta, quando podiam ter-la localizado num extremo para não perder terras de cultivo, o que tivesse sido o mais apropriado para manter a rentabilidade da quinta, algo que está em dúvida à vista da gestão levada a cabo até agora», denúncia María José Valadés.

Como quarto «despropósito», o governo local de Don Benito «quer retirarle as terras aos agricultores que a levavam trabalhando na {Sierrecilla} em regime de arrendamento, famílias que têm essa lavor/trabalho agrícola como sustento e que agora não sabem a que a ater-se». Tudo isso, assinalam, depois de/após prometer 5.000 salários.

As notícias mais...