+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Maio de 2022 é a data prevista para ter o mercado reformado

Os postos deverão recolocar-se provisoriamente enquanto dura a obra. Após a reforma conviverão os tradicionais com os de restauração

 

Comerciantes do mercado de víveres assistentes à reunião com o presidente da Câmara Municipal - EL PERIÓDICO

RAÚL HABA prov-badajoz@extremadura.elperiodico.com VILLANUEVA DE LA SERENA
15/02/2020

O presidente da Câmara Municipal de Villanueva de la Serena, Miguel Ángel Gallardo, apresentou aos comerciantes do mercado de víveres o projeto Nos Vemos Na Praça/vaga, vencedor do concurso de ideias para a remodelação de dito edifício.

Se os prazos cumprem-se, em Maio de 2022 abriria as suas portas com um conceito/ponto misto no qual conviverão os postos tradicionais com novos estabelecimentos de restauração. Seria após fazer uma reforma integral com um investimento de 1.950.000 euros, financiada na sua maior parte com fundos europeus. A câmara municipal dá 300.000 euros.

Embora ainda falta tempo para que a obra comece, o presidente da Câmara Municipal sim avançou que o objetivo da Câmara Municipal é procurar um lugar provisório para os postos do mercado enquanto durem os trabalhos, que esteja central, seja acessível e, naturalmente, que permita que todos estejam instalados no mesmo espaço, isto é que se mantenham juntos. O presidente da Câmara Municipal também destacou que uma vez abra as suas portas, o mercado continuará a ser gerido pelo consistório.

Agora começa tudo o processo administrativo. A obra poderia estar adjudicada em Fevereiro do 2021, pelo que um mês antes os comerciantes deveriam deixar seus postos e instalar-se no novo espaço que ocuparão provisoriamente. O processo tem um prazo de quinze meses, pelo que se espera inaugurá-lo em Maio do 2022.

similar ao de São Antón / Segundo o presidente da Câmara Municipal, o objetivo é conseguir um mercado misto, similar ao de São Antón em Madrid, isto é, com postos de alimentação tanto/golo em cima como abaixo, e espaços destinados à restauração. Desta forma, o futuro mercado de Villanueva de la Serena terá 32 postos. Na rés-do-chão terá 19, dos que sete destinar-se-ão a restauração; enquanto em cima terá treze, quatro deles de restauração. Além disso, há um espaço superior, um terraço, com 58 metros quadrados disponíveis.

Os comerciantes que atualmente ocupam o mercado logo não manterão a localização que têm agora, mas sim terão prioridade na leilão público dos postos que far-se-á em seu dia quando finalize a obra, segundo adiantou Miguel Ángel Gallardo.

Além disso, como o mercado abrirá as suas portas em horário de manhã e tarde, também terão mais pontuação os que abram seu estabelecimento nos dois troços horários.