Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 17 de outubro de 2018

{Extremagia} conclui prometendo novos reptos/objetivos para o 2019

A organização diz que manterá seu aposta em levar magia a todos sítios. O festival disse adeus com uma a abarrotar gala internacional celebrada em Feval

RAÚL HABA
12/06/2018

 

Don Benito disse adeus ao festival {Extremagia} 2018, que tem resultado tudo um êxito de público, segundo a organização.

Grandes espetáculos com grandes mágicos têm enchido as ruas de Don Benito, suas entidades locais menores e numerosos centros públicos para meninos e maiores/ancianidade com a melhor magia nacional e internacional.

Pela primeira vez nas onze edições deste certame houve números de magia e {ilusionismo} nas entidades locais menores de Rocas, Hernán Cortés, {Vivares}, {Valderhonillos}, {Gargáligas} e {Torviscal} e na freguesia de Conquista del Guadiana. Os organizadores asseguram que o ano próximo, para além de manter seu aposta em as entidades locais, prometem apresentar novos reptos/objetivos.

Além disso, e como em edições anteriores, os centros educativos, creches, centros sociais, residências e lares de maiores/ancianidade contaram com espetáculos de magia.

GRANDE NÍVEL / Houve um grande nível em todos os números que se têm desenvolvido ao longo/comprido destes últimos dias e que têm conseguido aumentar ainda mais se cabe a qualidade e participação de um público expectante durante todas as jornadas, apesar das adversas condições meteorológicas.

Para concluir um festival mágico, e como epílogo final, o auditório do Centro Tecnológico de Feval acolheu a gala internacional que foi qualificada como «{bestial}» pelos organizadores. Juan Ibáñez e {Damián} {Molta} (as vozes das formigas do programa O Formigueiro) arrancaram a sorriso e contínuos aplausos dos espectadores. Para a história do certame fica já quando tiraram como voluntário ao cenário ao já ex-presidente Rodríguez Ibarra, quem protagonizou um dos momentos mais desembaraçados deste festival.

Entre os mágicos que puseram o fecho de ouro a {Extremagia} 2018 destacaram {Enzo} {Weyne}, que utilizou raios para viajar no tempo, {Shezan}, o mágico encerrado na candeeiro mágico, {Ta} {na} Manga que conta com vários prémios internacionais, Fernando Santa Olalla, que destaca por {trabajarf} com utensílios circenses, e {Mikael} {Szanyiel}, o músico mágico.

As notícias mais...