+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Montero e Darias dão positivo e Igrejas estão em quarentena

Todo o Governo se submete ao teste após o caso da ministra

 

J. R. SIERRA / I. MÁRMOL MADRID
13/03/2020

O coronavirus entrou ontem em cheio no Conselho de Ministros. A ministra de Igualdade, Irene Montero, deu positivo nas provas do covid-19, e seu marido, o vice-presidente segundo, Pablo Iglesias, teve que estar em quarentena. Diante da possibilidade de que a doença se propagasse na Moncloa, todos os membros do Governo se submeteram a provas diagnósticas para determinar se tinham mais pessoas infetadas. Os resultados se conheceram à primeira hora da noite, e dispensaram, por enquanto, a possibilidade de um contágio massivo: só a ministra de Administrações Públicas, Carolina Darias, deu positivo. Mesmo assim, a situação obrigou a mudar radicalmente o funcionamento do Executivo.

Ao Conselho de Ministros convocado para aprovar as medidas económicas contra as consequências da pandemia só foram os membros do Governo imprescindíveis para tirar adiante a iniciativa. Faltaram oito. Depois, o presidente, Pedro Sánchez, compareceu em conferência de imprensa, mas num formato insólito: sem presença dos meios, que perguntaram de forma telemática. O mesmo esquema continuou depois o líder do PP, Pablo Casado.

A partir de agora, as encontros por videconferência serão a tónica habitual no Governo. Às cinco da tarde, Sánchez conversou com empresários e sindicatos por meio de uma pantall. Fará o mesmo amanhã, durante a conferência de presidentes, que reunirá ao chefe do Executivo com os mandatários autonómicos. Ainda está por ver como leva-se a cabo o encontro, na segunda-feira, entre o chefe do Executivo e os líderes do resto de partidos. Montero não foi a única política contagiada, já que Santiago Abascal, de Vox, também deu positivo, igual que a secretária geral do grupo parlamentar Vox no Congresso, Macarena Olona.

FELIPE E LETIZIA / A Moncloa fez público o contágio de Montero por meio de um comunicado. Segundo fontes governamentais, a ministra «encontra-se em bom estado». A responsável de Igualdade participou no domingo na manifestação do 8-M em Madrid e na terça-feira, assistiu à reunião do Conselho de Ministros. Pouco antes, na sexta-feira da semana passada, Montero foi a um ato junto à rainha Letizia, um encontro que motivou que tanto ela como Felipe VI fizeram também as provas do coronavirus. Os seus resultados ainda se desconhecem.