Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 19 de agosto de 2017

O açoite asturiano dos {barones}

{ADRIANA} {LASTRA3} Vicesecretária geral

R. R.
18/06/2017

 

Se o presidente asturiano, Javier Fernández, foi a face da gestora depois de/após que o {susanismo} movesse a cadeira a Pedro Sánchez, o líder deposto encontrou em Asturias a seu particular dom {Pelayo} (dona neste caso) para seu reconquista: {Adriana} Lastra ({Ribadesella}, 1979). Após apostar em ele como secretário-geral já no 2013, se {rebeló} contra sua forçada demissão e lhe animou a voltar-se a apresentar. Coordenadora da campanha de Sánchez nas primárias, será agora uma das figuras com mais peso na nova executiva, como vicesecretária geral.

Lastra, que na investidura de Rajoy se «{abstuvo} por imperativo», não duvidou em enfrentar-se com quem fora por Sánchez. Mesmo com Felipe González, Zapatero e com os {barones}, começando pelo presidente de sua comunidade e líder do PSOE asturiano, aos que reclamou que pedissem perdão por sua beligerância contra {Sánchezel} vencedor das primárias.

Orgulhosa de não ter renegado de Pedro Sánchez, apesar de ter sido «purgada» («podem cessar-me, tirar-me da assembleia provincial e da lista quando toque. Não vou mudar de posição. A liberdade se aprende exercendo-a», {tuiteó} após ser afastada pela gestora da Comissão Permanente do Congresso), sua inquebrável lealdade a situará agora na primeira linha {sanchista} para uma nova reconquista: a da Moncloa.

As notícias mais...