Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 29 de março de 2020

A última gala de ‘{OT}’ foi a menos vista da sua história

O ‘{talent} {show}’ atira os piores dados de quota e espectadores para estas veladas

REDACCIÓN epextremadura@elperiodico.com MADRID
11/02/2020

 

La gala de domingo de Operação Triunfo foi a menos vista da história do {talent} {show}. Concretamente, e segundo aponta {Vertele}, o programa de TVE fê-lo tanto/golo em número de espectadores como em quota de ecrã, ao congregar a só/sozinho 1,5 milhões de pessoas diante do televisor e um 10,6% de share.

Com estes dados, a quarta gala desta época experimentou uma descida de 1,7 pontos se se compara com sua última emissão. Tudo, apesar de que o programa concentrou vários momentos de alta tensão, como a polémica que protagonizou a juíza {Natalia} Jiménez ou o beijo entre os concorrentes {Anne} e {Gèrard}.

Em sua avaliação, Jiménez nomeou a {Anne}, à que atribuiu não ter utilizado o {falsete} em sua interpretação de {Wicked} {Game}. Tratava-se de um recurso que, no entanto, não lhe tinham pedido na academia, o que lhe salvou à sobremesa da nominação. La membro do júri respondeu em quente em Instagram às críticas do público após terminar o programa, uns contidos que, por certo, eliminou, segundo recolhe/expressa {Vertele}. Na rede social publicou: «¿Pensam que sou um monstro do mau? {Ahorita} vão a ver que o sou». Pouco/bocado depois subiu um {story} no qual se podia ler em seus lábios a frase «me a {pela}».

La novo casal/par da época, {Anne} e {Gèrard}, protagonizou um dos momentos mais sonados da noite com seu beijo. O ósculo não foi ao vivo, mas foi resgatado no resumem semanal de seus ensaios. Se o deram, pois, na própria academia e às escondidas, e não nas tábuas do {talent} {show}, onde cantaram {Wicked} {Game}. La gala concluiu com {Nick} eliminado, o que o converte no terceiro expulsado, e {Anaju} e {Javy} {nonimados}. {Samantha}, Gerard e {Nía} foram os mais votados, embora só/sozinho será a primeira a que poderá escolher tema, colega e coreografia.

As notícias mais...