Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 20 de septembro de 2019

A-3 potencia sua plataforma

Incluirá contidos exclusivos e preestreará suas séries em aberto

REDACCIÓN
31/07/2019

 

O boom da televisão por internet segue/continua sem tocar teto. Se na passada semana foi {Mediaset} a que anunciou que sua plataforma {MiTele} será de pagamento e incluirá tudo o futebol, ontem foram Orange e {Atresmedia} os que confirmaram sua entrada no mercado das séries por {streaming}.

Assim, a operadora de telefonia produzirá seus próprios contidos para sua plataforma (Orange TV), e a televisão de Planeta potenciará a sua, {Atresplayer}, que também passará a ser de pagamento, graças a sua opção {Premium}. Está terá um custo de 2,99 euros por mês, a partir do mês de setembro.

O presidente de Contidos de {Atresmedia} TV, Carlos Fernández Alonso, explicou ontem durante a apresentação que {Atresplayer} não disporá de publicidade, mas sim incluirá a estreia de contidos exclusivos. É o caso das ficções espanholas O Nó e Veneno. Vida e morte de um ícone.

Além disso, terá séries internacionais, como a adaptação televisiva de Quatro casamentos e um funeral.

Mas {Atresplayer} não oferecerá só/sozinho séries, também incluirá {talent} {shows} (A Voz) programas, concursos, reportagens de atualidade, bem como {magacines} que se encontram em antena e que estarão pendurados na plataforma antes de sua emissão em aberto.

Na apresentação, participaram os diretores e atores Javier Calvo e Javier Ambrossi, mais conhecidos como Os {Javis}, por ser os criadores de Veneno. Uma série que trata sobre/em relação a a vida e morte de Cristina Ortiz, A Veneno, ícone {LGTBI}, e que suporá o «projeto mais ambicioso» da corrida/curso de Os {Javis}.

Por seu lado, a atriz {Natalia} {Verbeke}, {coprotagonistas} de O Nó, também assistiu à apresentação de {Atresplayer}, que na atualidade tem 75.000 assinantes.

As notícias mais...