Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 20 de septembro de 2019

‘As raparigas do cabo’ prepara seu regresso

A primeira ficção espanhola da plataforma {Netflix} lança seu novo reboque

REDACCIÓN MADRID
26/07/2019

 

Após umas longas férias, As raparigas do cabo voltam ao trabalho o próximo 9 de Agosto. E para ir preparando seu regresso, a plataforma {Netflix} lançou ontem o reboque oficial da quarta época. A história de Lida (Branca Suárez), Anjos ({Maggie} {Civantos}), {Marga} ({Nadia} de Santiago), {Carlota} (Ana Fernández) e Sara (Ana Polvorosa) continua em 1931, um ano no qual a igualdade de género marcará um antes e um depois na vida das espanholas, e onde a República mudará a estrutura social conhecida até ao momento. As raparigas do cabo, primeira novela produzida por {Netflix} em Espanha, é uma criação de Ramón Campos (Alto mar, {Velvet}, Grande Hotel) e Gema R. {Neira} (Alto mar, {Velvet}, Grande Hotel) dirigida por Antonio Hernández (A ponta do {iceberg}, Os {Borgia}) e Roger Gual (Instinto, O pregão). A quarta entrega de As raparigas do cabo começa em setembro do 1931, um ano depois da explosão na Companhia e um ano com um novo regime político: a República. Com o fim da Monarquía, a igualdade de género é uma realidade, as mulheres contam com os mesmos direitos em muitos aspetos de suas vidas. As raparigas são um exemplo de isso.

LUTA PELOS IDEAIS / Na nova época, {Carlota} se {adentra} em política, enfrentando-se a um adversário sem escrúpulos que a obrigará a decidir entre sua intimidade ou seguir/continuar lutando por seus ideais, uma decisão que duma maneira ou outra implica ao resto das raparigas.

As notícias mais...