Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 20 de septembro de 2019

‘A casa de papel’, líder nos Prémios Íris 2019

A série produzida por {Netflix} está nomeada em cinco categorias

REDACCIÓN MADRID
30/07/2019

 

A casa de papel, com cinco nominações, é a produção que acumula mais candidaturas aos Prémios Íris 2019, os galardões com os que a Academia das Ciências e as Artes de televisão, que coroa aos melhores programas e profissionais da televisão espanhola.

A série de {Netflix} encabeça o afastado de ficção com cinco nominações, seguida/continuada por Paquita Salas (também produzida pela mesma plataforma), Ferro (Movistar+) e A caça {Monteperdido} (TVE), que açambarcam quatro candidaturas cada uma. Arde Madrid, Ferro, A casa de papel, A caça {Monteperdido}, Matadouro e Alegado culpado competirão pelo prémio à Melhor Ficção da televisão.

As nominações a Melhor Ator são para Alain Hernández, Álvaro Morte, {Brays} Efe, {Darío} {Grandinetti}, {Isak} {Férriz} e Pepe Viyuela; enquanto na categoria/escalão de Melhor Atriz {encontramos} a Alba Flores, Belén Cuesta, {Candela} Peña, Inma Cuesta, {Elvira} {Mínguez} e {Megan} {Montaner}.

Além disso, no âmbito da não ficção, os nomeados a Melhor Informativo são Ao rubro ({LaSexta}), Antena 3 Noticias 1 (Antena 3), Bom dia Madrid (Telemadrid), O debate decisivo de {Atresmedia} (emitido no passado 23 de Abril em Antena 3 e {LaSexta}) e A 2 Noticias (a 2 de Televisão Espanhola). O Conselho da Academia, integrado por representantes da Junta Directiva, estações de televisão e entidades de gestão de direitos, se encarregará de escolher os «Prémios Íris Autonómicos».

As notícias mais...