Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 29 de março de 2020

O Papa pede por Venezuela, Nicarágua e Síria

Reclama aos líderes políticos pôr fim a as «injustiças sociais»

LAURA SERRANO-CONDE (EFE)
22/04/2019

 

O papa Francisco pediu ontem aos dirigentes políticos de Venezuela que ponham fim à crise que açoita o país e também urgiu a que se propicie uma solução pacífica em Nicarágua, em a sua mensagem de Pascua deste Domingo de Ressurreição. «Que a alegria da Ressurreição encha os corações de todos os que no continente americano sofrem as consequências de situações políticas e económicas difíceis. Penso em particular no povo/vila venezuelano: em tantas pessoas carentes das condições mínimas para levar uma vida digna e segura, devido a uma crise que continua e agrava-se», disse Francisco. «Que o Senhor conceda a aqueles que têm responsabilidades políticas trabalhamos/trabalhámos para pôr fim a as injustiças sociais, aos abusos e à violência, e para tomar medidas concretas que permitam sarar as divisões e dar à população a ajuda que necessita», acrescentou.

Sobre/em relação a Nicarágua, Jorge Bergoglio animou a continuar com os esforços «para encontrar tão cedo quanto possível uma solução pacífica e negociada em benefício de todos os {nicaragüenses}». O Pontífice ofereceu a sua mensagem de Pascua desde a {logia} central da basílica de São Pedro do Vaticano e o centrou na importância de garantir a paz no mundo.

Animou à comunidade internacional a que a propicie, acabando com «a corrida/curso de armamentos e a propagação preocupada das armas, especialmente nos países mais avançados economicamente», e também se acordou dos indefesos, os pobres, os desempregados e os marginados.

As notícias mais...