Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 28 de fevereiro de 2020

Reclamam mais habitações/casas/vivendas sociais por sua alta procura

REDACCIÓN
14/02/2020

 

No atual processo de adjudicação de 53 habitações/casas/vivendas sociais da Junta em Plasencia teve 99 admitidos e 43 excluídos. Segundo o presidente da Câmara Municipal, Fernando Pizarro, isto põe a manifesto a alta procura destes apartamentos e, portanto, a necessidade «de alargar o parque de habitações/casas/vivendas».

É o que pediu ontem publicamente, depois de/após {recordar} que o PP já o levou em suas anteriores programas eleitorais e também no pacote de procuras ao presidente da Junta. «As listas de espera são longas e não temos habitações/casas/vivendas», sublinhou.

Segundo indicou em Janeiro a vereadora de Serviços Sociais, Flor {Conejero}, dos 43 excluídos, 36 apresentaram recursos e o presidente da Câmara Municipal assinalou ontem que faltam ainda quatro processos por resolver. A resolução se enviará à Câmara Municipal e se convocará a comissão local de habitação para voltar a {baremar} e ordenar o lista de admitidos, que irá à Junta «para que lhe dê a aprovação e nos envie a lista definitiva», com a que poder/conseguir adjudicar as habitações/casas/vivendas.

As notícias mais...