+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A qualidade da água do torneira, garantida por 140 análise a cada ano

É entre 500 e 1.000 vezes mais barata que a engarrafada

 

O vereador (esquerda) brinda com água do torneira com Iván Vicente. - TONI GUDIEL

REDACCIÓN
28/11/2019

El água do torneira é «entre 500 e 1.000 vezes mais barata que a água de garrafa. Em Plasencia, mil litros deste água custam 83 cêntimos e essa mesma quantidade/quantia engarrafada pode custar de 300 a 400 euros». Além disso, «é um produto fresco; não gera resíduos plásticos, todos os dias realizam-se controlos e é totalmente apta para o consumo». São algumas das razões que dá a {UTE} do Água para promover o uso da que sai do torneira.

Mas dada a reticência e mitos que existem sobre/em relação a o consumo deste tipo de água, a empresa iniciou uma nova campanha, que difundirá por meio de seus redes sociais os benefícios deste tipo de água, que, em Plasencia, «é de grande qualidade», em palavras do gerente da {UTE}, Iván José Vicente García.

Este destacou que sua potabilidade e qualidade ficam garantidas pelos perto de 140 análise que se fazem anualmente, 13 deles completos e que analisam até 100 parâmetros. Além disso, realizam-se 12.500 controlos anuais de {cloro}. Todos «com resultados dentro da norma».

Sobre/em relação a a presença de {cloro}, afirmou: «é fundamental porque é um indício de que está totalmente desinfetada» e para além de sua qualidade, sublinhou que o consumo da água engarrafada contribui à geração de plásticos e «no mundo se produzem um milhão ao minuto».

Por seu lado, o vereador de Serviços Municipais, Luis Miguel Pérez Escanilla, recordou que a água que se consome em Plasencia procede da água represada do barragem que, «tem um volume suficiente para {abastacernos} durante oito anos», embora não chovesse e além disso, passa «por um plano de seguimento e controlo muito rigorosos». Isso sim, a empresa garante a qualidade da água até ao limite dos blocos e é responsabilidade de vizinhos o estado das tubagens interiores.