Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 25 de novembro de 2017

Proteção Civil organiza umas jornadas de resgate subaquático

Participarão membros do serviço municipal e pessoal chegado de Portugal. Porão a prova as técnicas que estiveram aprendendo até ao mês de Junho

ALEX DE MATÍAS plasencia@extremadura.elperiodico.com PLASENCIA
01/09/2017

 

El serviço municipal de Proteção Civil organiza para amanhã e no domingo a I Jornada Internacional de resgate subaquático, que se desenvolverá no centro internacional de inovação desportiva no meio natural o Anel. Participarão mais de 30 mergulhadores da zona e também chegados de Portugal.

A cita/marcação/encontro será no horário de nove da manhã a sete da tarde e estará aberta a tudo o público que queira assistir, com entrada gratuita «e poderão ver como trabalham as equipas de resgate perante situações de emergência», assinalou {Marcial} Flores, instrutor chefe do serviço municipal de Proteção Civil.

Concretamente terá quatro manobras que farão mais de 30 mergulhadores chegados de Portugal e também «dos nossos companheiros que se estiveram formando até ao mês de Junho e isto supõe para eles como umas práticas», disse Flores. A primeira prova consistirá em fazer uma busca circular de um manequim «que estará a uma profundidade duns 20 metros e terá pouca ou nula visibilidade», explicou Flores. Para a segunda prova se meterá um veículo, descontaminado, na água, simulando um acidente de circulação/trânsito, e os mergulhadores terão que encontrar quatro manequins a uma profundidade de 15 metros.

Na terceira deverão encontrar um manequim situado a uma profundidade de 12 metros e num retângulo de 30 metros de longo/comprido por dez de largo «e o terão que realizar em forma de {uve}». A última prova consistirá em «{reflotar} o veículo submerso», informou o instrutor chefe.

UM EMPURRÃO / As jornadas foram apresentadas ontem pelos responsáveis do serviço municipal junto à vereadora de Recursos Humanos, Sonia Grande, quem indicou que este evento «servirá de empurrão» à lavor/trabalho que realizam os membros deste serviço municipal «e do papel que cada vez estão recebendo mais importância tanto/golo em Plasencia como nos arredores, sempre em colaboração com outros serviços de segurança», comentou a vereadora.

Por seu lado, o coordenador do serviço municipal de Proteção Civil contou que a ideia de organizar este evento surgiu «faz uns meses num encontro parecido ao que nos convidaram em Portugal». Além disso, também afirmou que em breve se levar a cabo a assinatura oficial do convénio com o 112 «ao que estamos inscritos para colaborar com eles sempre que se nos necessite», explicou Ángel Carretero.

As provas se gravarão com {drones} desde o ar e a água.

As notícias mais...