Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 17 de novembro de 2018

Profissionais de tudo o país participarão no concurso de alvenaria de {Malpartida}

O arquiteto do projeto de O Anel desenha a proposta

EFE CÁCERES
08/06/2018

 

El XXXII Festival {Chinato} de {Albañilería}, de carácter nacional, espera a participação o dia 16 em Malpartida de Plasencia de mais duma trintena de quadrilhas, provenientes de {Gerona}, Jaén, Málaga, {Sevilla}, Badajoz, Toledo e a província anfitriã.

El presidente da Câmara Municipal de Malpartida de Plasencia, Raúl Barrado, e a deputada provincial Anjos Díaz apresentaram ontem uma nova edição deste concurso, «dos mais ponteiros a nível nacional» juntamente com outro similar em Málaga, apontou Barrado.

El recinto da feira de {Malpartida} acolherá o certame, cuja proposta, a desenvolver pelas casais de quadrilhas, tem desenhado o arquiteto José María Sánchez, redator do projeto de El Anel em Zarza de Granadilla. A execução, na qual todos os participantes contarão com os mesmos meios auxiliares, começará às nove e terminará à uma.

El júri está composto por profissionais da alvenaria, técnicos, {aparejadores} e arquitetos, que valorizarão a execução, que a obra guarde as medidas do plano, sua garridice, limpeza e {planimetría}, assinalou Barrado.

Em jogo estarão sete prémios, desde 4.000 euros para os vencedores até 200 euros, incluído um local para os melhores alvanéis {chinatos}, de 350 euros.

Terá atividades paralelas, como uma degustação de arroz com favas e um mercado artesanal e a inscrição estará aberta até ao dia 15 ao meio-dia.

As notícias mais...