+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

El presidente da Câmara Municipal solicitará que se cubram as vagas na Policía Nacional

Confía em ter acesso aos dados de vítimas de maltrato

 

Veículos da Policía Nacional, entrando na esquadra. - TONI GUDIEL

REDACCIÓN
07/03/2020

En torno a 19 vagas há no plantel da Policía Nacional de Plasencia desde/a partir de a marcha de seus dois inspetores em Fevereiro. El presidente da Câmara Municipal, Fernando Pizarro, quer que se cubram as praças/vagas e assim o manifestará numa junta local de segurança que confia em que possa celebrar-se neste mês na Câmara Municipal.

Também tem a esperança de que a câmara municipal possa ter acesso a {VioGén}, um sistema de seguimento de casos de violência de género do Ministerio del Interior que permitiria à Policia Municipal estar à par de todos os casos existentes na cidade. O Pelouro de Igualdade o tem solicitado numerosas vezes, além disso, «a lei o permite para câmaras municipais e já há vários que o têm», assinalou Pizarro.

Na junta de segurança se tratará também o uso da galeria de tiro da Policia Municipal por parte da Nacional, obras nos calabouços da Local e os dispositivos de segurança para a romaria do Porto e a feira de Junho, para além do plano de atuação e prevenção pelos incêndios de pasto face ao verão.