Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 17 de janeiro de 2020

O presidente da Câmara Municipal se sente «enganado» por Vara pelos orçamentos

O PP apresentará emendas pelas 31 medidas demandadas

R.R.M. PLASENCIA
29/11/2019

 

El centro de menores de Valcorchero, a segunda fase do desdobramento da EX-370 e Martín Palomino. São as principais obras relacionadas com Plasencia que aparecem nos orçamentos gerais da Junta de 2020 e para o presidente da Câmara Municipal de Plasencia supõem «nada novo baixo/sob/debaixo de o sol» .

Porque Fernando Pizarro sublinhou ontem que «está tudo o que estava no período anterior -nos orçamentos deste ano- e não se tem executado». Em alusão a que o PSOE possa replicar que há outras verbas/partidas como o financiamento para planos de emprego, disse que «é uma {bobada} porque nos afeta a todos as Câmaras Municipais. Voltaram a pôr o que tinha e pouco/bocado mais».

Por isso, ontem disse sentir-se «absolutamente enganado», depois de/após que o presidente da Junta, Guillermo Fernández Vara, lhe citará em Mérida para conhecer as procuras e necessidades de Plasencia face a os orçamentos. «Não sei para que tenho tido uma reunião com ele». Afirma que foi pela confiança em que «um jogo/partido que governa a região com maioria absoluta» introduzisse alguma das petições/pedidos para a cidade, mas dado que na sua opinião não foi assim, assinalou: «para isso não me {llames}, me parece pouco/bocado leal».

Recordou que levou ao presidente da Junta um documento com 31 medidas e necessidades, como por exemplo a reabertura do matadouro, uma via ao hospital e na estrada de Trujillo ou mais subsídio para o {CRPS}. Por isso, porque «não nos vamos a ficar de braços cruzados», anunciou que o PP apresentará emendas «das 31 questões» com a esperança de que se admita alguma.

As notícias mais...