Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 14 de dezembro de 2019

Pizarro: «Não sair na série de {Inés} de Suárez é um contrasentido»

O presidente da Câmara Municipal afirma que a cidade tem «recursos suficientes»

REDACCIÓN PLASENCIA
10/07/2019

 

Em meados de Maio, o nessa altura vereador de Turismo de Plasencia, Isidro Rodríguez, revelava que uma produtora, através da Extremadura {Film} {Commission}, procurava localizações para filmar uma série sobre/em relação a a de Plasencia {Inés} de Suárez. Na segunda-feira se fez público que os cenários de rodagem na região serão Cáceres e Trujillo e ontem, o presidente da Câmara Municipal de Plasencia, Fernando Pizarro, o qualificou de «contrasentido».

Disse entender as «questões técnicas» da produtora, mas sublinhou que Plasencia «tem recursos suficientes» e «tivesse sido um detalhe por parte da produtora porque a lista de localizações «cumpriam as necessidades». Por sua vez, fez responsável ao porta-voz local do PSOE, Raúl Iglesias, como presidente da Fundação Extremenha da Cultura, da que depende a {Film} {Commision}. «Deveria ter tido uma gestão direta e pessoal, atendendo a sua responsabilidade».

Iglesias replicou ontem que «o presidente da Câmara Municipal conhece os motivos, porque se lhe comunicaram e não são políticos», mas técnicos, disse. Criticou precisamente o uso político do tema e assinalou que «ele pôs em risco a rodagem quando anunciou aos meios as localizações porque existe um acordo de confidencialidade».

As notícias mais...