Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 25 de junho de 2018

A Junta compromete-se a unir a avenida de Espanha e a ronda sul

O design definitivo da escola de São Miguel se espera que esteja pronto/inteligente/esperto num mês. Segundo Pizarro, este semestre se reverá o projeto e terá orçamento em 2019

RAQUEL RODRÍGUEZ
13/06/2018

 

Es uma procura tanto/golo da Câmara Municipal como de vizinhos/moradores e empresários, a finalização do desdobramento da estrada de Montehermoso com a união da avenida de Espanha e a circunvalação sul. Ontem, o presidente da Câmara Municipal anunciou que o conselheiro de Infraestruturas da Junta, José Luis Navarro, comprometeu-se a executá-lo.

Segundo explicou Fernando Pizarro, o acordo/compromisso adquirido por Navarro numa reunião mantida na segunda-feira na Conselheria é «tirar neste semestre a revisão do projeto da segunda fase do desdobramento», com o objetivo de que em finais de ano ou primeiros de 2019, esteja pronto/inteligente/esperto o projeto e possa sair já a licitação.

Portanto, outro acordo/compromisso foi o do orçamento. «O projeto se incluirá nos orçamentos da Junta, plurianualmente, para poder/conseguir realizar a obra». Segundo o presidente da Câmara Municipal, esta infraestrutura, que iria desde a rotunda dos Engenheiros até à variante, está valorizada entre 5 e 6 milhões de euros.

Pizarro mostrou ontem sua satisfação porque, com esta obra {concluída} «{cerraríamos} o circuito de vias, a estrada de Montehermoso, a {únión} com a ronda sul e Martín Palomino».

{martín} {palomino} / Desta obra, disse que a Câmara Municipal levará em breve ao plenário/pleno o convénio que temos de assinar previamente e a Junta o levará a Conselho de Governo. Ora bem, assinalou que o conselheiro «está à espera de que tenha secretário de Estado para falar com ele e transmitir-lhe a importância deste projeto».

Quanto às infraestruturas educativas, Pizarro e o vereador de Urbanismo, José Antonio Hernández, reuniram-se também na segunda-feira com o secretário-geral treinador da Conselheria de Educação, quem lhes transmitiu que «possivelmente num mês estarão os modelos para o projeto definitivo» da reunificação da escola de São Miguel.

E sobre/em relação a a escola das hortas, a Câmara Municipal deve aprovar primeiro o programa de execução da zona. Assim, o encarregou a Câmara Municipal e já o recebeu, de forma que se aprovará primeiro pela junta de governo e depois passará ao plenário/pleno. Será nessa altura quando a parcela para a escola se porá a disposição da Junta.

Hernández calcula que será no plenário/pleno do mês de Julho quando poderá aprovar-se e explicou que não será necessário executar primeiro a via previsto na zona, no qual se continua a trabalhar.

Por outro lado, Pizarro sublinhou que se executarão outras obras educativas no {IES} Parque de Monfragüe, a escola {Miralvalle}, O Pilar, Ramón e {Cajal} e outros.

As notícias mais...