+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Iniciados o trâmites para regularizar 54 propriedades de Santa Bárbara

Os afetados urgem a documentação para entregar aos juízes

 

Apresentação da documentação do plano especial, ontem. - TONI GUDIEL

R. R. PLASENCIA
04/12/2019

Nuevo trâmites para regularizar habitações/casas/vivendas em Santa Bárbara. O arquiteto Juan Antonio Álvarez e o representante dos proprietários, {Ladislao} {Granado}, apresentaram ontem na Câmara Municipal o primeiro plano especial, que engloba 28 hectares com 70 propriedades, das que 54 «querem regularizar-se».

Estão nas zonas Vinha do Carmen, Vinha do Castelo, {Pizarrilla} e rua Marta, onde há proprietários imersos em causas judiciais por suas habitações/casas/vivendas. Por isso, Álvarez urgiu ontem à Câmara Municipal «algum documento de aprovação e tramitação, pelo plenário/pleno, pela comissão de Urbanismo, onde diga que se admite a trâmites e se dê uma aprovação».

Porque os proprietários necessitam documentação para levá-la aos tribunais/réus/julgados e paralisar assim os procedimentos administrativos e penais e abertos e até agora, «em dois anos, a Câmara Municipal jamais tem respondido» aos documentos que tem ido apresentando a associação. Com o regulamento atual, a Câmara Municipal deve dar a aprovação inicial do plano especial e a Junta, a definitiva.