Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 29 de março de 2020

Impacto ambiental positivo para outro parque eólico, com 11 aerogeradores

Se têm eliminado quatro por estar perto de aves protegidas

REDACCIÓN PLASENCIA
05/03/2020

 

Um novo parque eólico previsto em Plasencia, {Merengue} II, conseguiu a declaração de impacto ambiental positiva por parte da Junta de Extremadura, embora com quatro aerogeradores menos dos que a promotora {Naturgy} tinha projetados inicialmente. Assim, constará de onze em lugar de quinze e a potencia global será de 49,5 megawatts. Estará localizado no sul da cidade.

Segundo publicou ontem o Diário/jornal Oficial da Extremadura, a informação desfavorável para quatro aerogeradores se tem devido a que ocupam «posições muito próximas a zonas frequentadas por {avifauna} protegida (principalmente abutre preto, cegonha negra e milhano/milhafre real)». Mas além disso, um quinto aerogerador incorporará «um sistema automático de deteção de aves em voo com um dispositivo que afugente a exemplares que se aproximem aos {rotores}» e o parque deverá contar com um vigilante ambiental a tempo inteiro, entre outras coisas para «fazer um seguimento do passo de aves em voo pelo parque».

Trata-se de medidas de proteção ambiental assumidas pela empresa, pelo que a conclusão da Junta é que «não é previsível que a realização do projeto produza efeitos significativos no ambiente sempre que se cumpram as condições e medidas preventivas, corretoras e compensatórias» recolhidas na declaração.

As notícias mais...