Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 25 de novembro de 2017

{Imago} {Bubo} celebra um encontro de cultura e cinema no mundo rural

Na Madalena se projetarão três filmes, uma delas em versão originalíssima. Na praça/vaga da Catedral, peritos participarão nas ‘Conversas ao fresco’

ALEX DE MATÍAS / EFE plasencia@extremadura.elperiodico.com PLASENCIA
31/08/2017

 

El coletivo rural local {Imago} {Bubo} organiza até ao domingo, pelas tardes e as noites, um encontro de cultura e cinema no mundo rural com o que pretende pôr em valor o ambiente rural como lugar de criação artística e cultural. Será nos espaços da Madalena e na praça/vaga da Catedral.

Dois dos membros da organização, David García e Amparo Díaz, explicaram que este primeiro encontro estará estabelecido sobre/em relação a três eixos. El primeiro será o cinema de verão, que terá lugar no espaço da Madalena durante as noites de quinta-feira, sexta-feira e sábado. Hoy está prevista a projeção de Os santos inocentes (filmada na Extremadura), às 21.30 horas; amanhã, às dez da noite, se verá o também filme espanhol El oliveira, e no sábado, a essa mesma hora, {Amama} e será em versão originalíssima.

El segundo eixo serão as denominadas Conversas ao fresco, que se desenvolverão na praça/vaga da Catedral, durante as tarde-noites de sexta-feira e no sábado. El fio condutor destas encontros serão: a cultura na Extremadura rural, amanhã às oito da tarde, e se contará com o apoio e a intervenção de {LaFábrika} {detodalavida}, dos Santos de Maimona, A Coletiva Errante, de Plasencia, e Multihabitar, de {Peraleda} da Mata; arte no mundo rural, às sete da tarde, e a cargo de Rural Contemporânea, chegados desde Córdoba; e o projeto de arte no campo Cubo Verde, às oito da tarde, com a intervenção de Povos/povoações em arte, de Zaragoza, {Valdelarte}, de Huelva e {Coco} {Moya}, de Madrid.

DEBATE E COMIDA/ALMOÇO / Por último, Ao fresco também tem em sua programação os denominados Encontros no {EMAC}, que terão lugar no Espaço {Morán} de Arte Contemporânea de Casas del Castañar durante no domingo, com uma apertada agenda que incluirá um debate aberto a todos os interessados sobre a situação da cultura e a arte nos espaços rurais, um jantar comunitário, para a que a organização dará a comida/almoço mas se aceitarão contribuições de alimentos e bebidas, segundo assinalaram os organizadores, e cinema no floresta, para o qual o filme ainda está por confirmar.

Este encontro de Ao fresco está organizado pelo coletivo rural {Imago} {Bubo}, que nasceu com o objetivo de trabalhamos/trabalhámos, resgatar e documentar o que no ambiente lhes rodeia. Conta com a colaboração da Diputación de Cáceres e a Câmara Municipal de Plasencia. Todas as atividades são gratuitas e estão abertas à cidadania em geral.

As notícias mais...