Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 26 de septembro de 2017

O grupo de Plasencia The Rock Anthology Society fecha hoje o festival ‘20 à ilha’

Interpretará temas desde a década dos 50 até à atualidade

ALEX DE MATÍAS PLASENCIA
29/08/2017

 

A {decimocuarta} edição do festival 20 à ilha se fecha hoje com o processo do grupo local de rock The Rock Anthology Society (T.R.A.S.). Será às dez da noite na terreno amplo da Ilha e a entrada é gratuita.

T.R.A.S. nasceu com a intenção de render homenagem às histórias do género musical considerado por muitos como o mais importante do século passado, o rock. Desta maneira, dará um concerto no qual fará um extensivo percurso/percorrido musical desde os inícios do género nos anos 50 até à época atual para demonstrar que o rock «segue/continua vivo e nunca morrerá», assinala o grupo.

O grupo dá forma a um dos espetáculos musicais «mais completos que existem e uma experiência única», informou a organização, que vai para além de os grupos tributos ao uso em toda uma mostra de paixão pelo género.

O pelouro de Juventude pede, por seu lado, que se respeite o desenvolvimento da atuação e aos artistas e que não se deixem meninos sós diante do cenário. O concerto começará às dez da noite.

Com esta última atuação se encerramento/encerra o programa de 20 à ilha que neste ano tem acolhido ao mágico {Pepín} {Banzo}, seguido/continuado Ismael González, cantora de Plasencia que está triunfando na atualidade, e também ao humorista {cordobés} reconhecido por seu passo por Caia quem caia e outros programas, {Nacho} García.

As notícias mais...