Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 29 de março de 2020

{Fepave} tratará numa reunião se protesto na rua pela saúde

«Não se cumpriu o que nos disse o conselheiro em Outubro»

REDACCIÓN PLASENCIA
03/03/2020

 

Foram ao protesto de Cáceres, embora a Federação de Associações de Vizinhos/moradores de Plasencia quer desvincular-se de toda queixa política em matéria sanitária, e agora tratará numa reunião de os seus sócios se se manifesta também na rua para reivindicar a solução às deficiências na área de saúde.

Porque, segundo assinalou seu presidente, Antonio Gil, «nos {reunimos} com o conselheiro no mês de Outubro e não se cumpriu nada do que nos disse». Se refere à abertura de salas de operações, alargamento de Urgências, nova {UCI}, redução de listas de espera e falta de especialistas.

De todos estes assuntos tem falado com o gerente da área de saúde, José Alberto Pérez, a quem dão um voto de confiança porque «temos visto seu acordo/compromisso por arranjar a situação. Tem muito interesse/juro e nos apresentou reunir-nos de novo dentro de três meses para ver a evolução».

Por enquanto, segundo Gil, lhes manifestou que «espera que nos próximos três meses seja uma realidade a abertura dos salas de operações» e lhes expôs as possíveis soluções diante da falta de especialistas como a convocatória de oposições/concurso público, a coordenação com outras áreas e a derivação a centros concertados.

As notícias mais...