Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 25 de septembro de 2018

Desportos projeta uma dezena de obras em instalações neste ano

A mais importante, com fundos próprios, será no campo de futebol os {Pitufos}. Terá atuações nas piscinas, a cidade desportiva e pistas de bairros

RAQUEL RODRÍGUEZ plasencia@extremadura.elperiodico.com PLASENCIA
03/01/2018

 

La Concejalía de {Deportes} tiene previsto llevar a cabo este año una decena de actuaciones en infraestructuras deportivas. La maioria se custearão com fundos próprios, embora em dois casos, em relação a obras da piscina de verão e a bioclimática, se farão com fundos europeus. O que voltou a reivindicar ontem o vereador David Dóniga é «que a Junta ajude a Plasencia, como a quarta cidade da região que é. Não {entenemos} porque é que não se investe um só/sozinho cêntimo aqui».

De facto, recordou que algumas das obras que estão projetadas se notificaram à conselheria para solicitar que as custeasse a Junta. «Levamos três anos pedindo-les e esperamos que faça alguma investimento no que fica de legislatura porque é de justiça», afirmou Dóniga.

E enquanto esperam, o vereador anunciou ontem que a primeira das obras que sairá a licitação e que já conta com projeto será a reforma do campo de futebol os {Pitufos}. Incluirá a renovação integral do relva, a mudança de disposição do rega e um encerramento electrosoldado para que «não se possa aceder quebrando a grade/cerca, como acontece agora». O orçamento base de licitação será de 71.439 euros. «Esta obra se lhe pediu à Junta o primeiro ano de legislatura, era um acordo/compromisso eleitoral que {cumpliremos} com nossos fundos».

Além disso, fuera da cidade desportiva, a Câmara Municipal terminará de fechar a pista semicoberta da Data, uma obra que já iniciou no passado ano. Por sua vez, melhorará o estado da pista e se construirão balneários e banhos públicos porque a ideia é que sirva para as escolas desportivas e categorias inferiores. Tudo por 15.631 euros.

No Pilar, se melhorará o encerramento da pista da avenida da Extremadura e também se contempla finalizar o fecho lateral da pista de Rio Jerte.

Quanto à cidade desportiva e, como novidade, se levantará um quiosque junto às pistas de padel e o prédio de inovação. Sairá a licitação e contará com uma bilheteira que servirá de ponto de informação e de controlo dos alugueres das pistas.

Por sua vez, vai-se a melhorar o acesso situado frente a Cruz Roja e Aspace, com jardinagem e elementos de ginástica ao ar livre onde agora há «um {canchal}».

Com fundos europeus está prevista a instalação das depuradoras que necessita a piscina de verão e também, com o {DUSI} conjunto/clube com a Assembleia provincial, o alargamento do estacionamento da piscina bioclimática, que ganhará 27 praças/vagas e suporá um investimento de 67.1662 euros.

As notícias mais...