Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 28 de fevereiro de 2020

Desaparecem dois postes de iluminação e outras 20 estão sem luz no arroio Nevoeiro

Também há algum banco sem apoio e o chão levantado nalguns espaços. Usuários da zona denunciam que, quando anoitece, já não se pode utilizar/empregar

RAQUEL RODRÍGUEZ
14/01/2020

 

Em setembro do ano 2014, a Câmara Municipal de Plasencia estreava três rotas para caminhar, correr e montar em bicicleta pelos passeios do Arroyo Nevoeiro, uma infraestrutura cujas obras executou a Confederação Hidrográfica do Tejo e que nessa altura ainda não se tinham {recepcionado}. Passaram cinco anos e alguns usuários denunciaram diversos estragos que diminuem sua capacidade de uso e dão uma «sensação de abandono».

O mais surpreendente é que têm desaparecido dois postes de iluminação que estavam situadas junto ao passeio da margem esquerda do arroio. Em seu lugar, se têm colocado pedras para tapar a base das postes de iluminação. Mas além disso, em torno de uma vintena de postes de iluminação situando na margem direita não têm luz.

Isto supõe que, «uma vez que se faz de noite, já não se podem utilizar/empregar os passeios devido à escuridão que há. É uma pena, com o valiosa que é esta zona», lamenta um usuário. Porque se utiliza diariamente, tanto/golo para caminhar, como para correr e montar em bicicleta, desde/a partir de profissionais a famílias.

Além disso, os mais assíduos aos passeios assinalaram que parte do mobiliário urbano está danificado e se pode ver algum banco sem apoio. Igualmente, falta algum fasquia de madeira das grades que separam o passeio do arroio e é possível ver «defeitos de obra» nalguns troços onde o chão se levantou.

A Câmara Municipal é o responsável da zona desde que a {recepcionó}, mas ontem não foi possível contar com uma valorização municipal sobre a situação dos passeios e as queixas.

Foi a Pelouro de Desportos a que, no 2014, desenhou três rotas para promover seu uso. Uma circular, de um total de 5.665 metros, que parte da praça/vaga principal, junto ao {Cachón}, onde está o quilómetro 0. Outra conetada com a circunvalação sul, duns 13 quilómetros de distância e uma terceira desde/a partir de o arroio, passando pelo passeio fluvial até à presa, de 12, ida e volta.

As notícias mais...