Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 19 de agosto de 2018

O canal de banhos da Ilha e a piscina municipal abrirão o dia 18

O primeiro já se está limpando e a Junta tem tomado amostras da água. Na piscina, após atuar nos copos, se estão acrescentando zonas de sombra

RAQUEL RODRÍGUEZ plasencia@extremadura.elperiodico.com PLASENCIA
05/06/2018

 

Faltan menos de quinze dias para que comece a época de banhos na cidade. Porque no próximo dia 18 abrirão tanto/golo o canal do parque da Ilha como a piscina municipal. De facto, nesta última se estão alargando as zonas de sombra atualmente e a nova empresa adjudicatária da limpeza do canal já tem começado os trabalhos e em breve chegarão as máquinas para eliminar a sujidade.

Segundo explicou ontem o vereador de Ambiente, Luis Miguel Pérez Escanilla, as tarefas têm começado por retirar a erva das paredes e as pedras grandes que se atiram ao canal durante o inverno. Além disso, a Junta de Extremadura tem recolhido já as primeiras amostras «águas em cima, para ver como vem o rio». Porque o vereador sublinhou que a água não trata-se nem com {cloro} nem com ozono. «Entra a água que tem que entrar, que é a do rio e que se controla».

Tanto/golo é por isso a Junta e a empresa adjudicatária se alternarão na hora de recolher amostras da qualidade da água do canal, de forma que se realizarão análise cada semana, mas além disso, tal como recolhe/expressa o caderno de encargos do contrato, a empresa tomará amostras diárias em pelo menos sete pontos do canal para comprovar o {ph}, a condutividade, a {turbidez}, a presença de E. coli, de {coliformes} ou {estreptotocos} {fecales} e de {enterococos}. «Vai haver um controlo sanitários muito importante, como todos os anos, em que nunca houve problemas», destacou o vereador.

Só/sozinho os houve quando se produziram trovoadas importantes e, neste caso, o folha recolhe/expressa a obrigação do esvaziado do canal para uma limpeza extraordinária e desinfeção.

Além disso, os operários da nova adjudicatária, terão que fazer-se cargo de limpar os casa de banho, os balneários, as beiras e passeios e as zonas de relva e, como é habitual, o canal se esvaziará cada quinze dias para sua limpeza e posterior enchido.

Também será obrigação do adjudicatário esvaziar as papeleiras e limpar as zonas {ajardinadas}, bem como «velar pelo correto comportamento e civismo dos banhistas», avisando à polícia se é necessário.

PROIBIDO ANIMAIS / Os trabalhadores deverão «alertar» também da presença de animais domésticos no canal de banhos, é que, como recordou ontem o vereador, «nestas zonas está proibido que se dêem banho os animais» e isto inclui «a moda dos últimos anos de que o último dia da época se dão banho algumas pessoas com seus animais de estimação».

As notícias mais...