Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 25 de novembro de 2017

A associação oncológica tem recolhido já mais de 3.500 firmas/assinaturas para o acelerador

Sua rápida {implantacion} é o que seguirão/continuarão reivindicando

ALEX DE MATÍAS PLASENCIA
09/09/2017

 

La delegação local da Associação Oncológica Extremenha ({Aoex}) leva já recolhidas mais de 3.500 firmas/assinaturas para reivindicar o avanço/adiantamento do novo acelerador linear para o hospital Virgem do Porto. Seguirá/continuará recolhendo firmas/assinaturas para conseguir mais, tanto/golo em Plasencia como noutras localidades, segundo confirmaram desde a associação.

La principal reivindicação não é outra que se adiante a instalação do novo acelerador «que num princípio está prevista para 2019 e que presumivelmente começará a funcionar em 2020», assinalou Rosa Delgado, psicóloga de {Aoex} Plasencia.

Na atualidade, tal como resenhou a psicóloga, o acelerador «está a dar muitos problemas»o que implica que «muitas vezes tenha que estar desempregado/parado, o que implica interromper os tratamentos que se estão levando a cabo e no fim se prejudica aos pacientes», explicou Delgado.

Do mesmo modo, desde a associação assinalaram que estarão presentes na VII Feria do Desporto do próximo dia 23 na Cidade Desportiva, onde seguirão/continuarão recolhendo firmas/assinaturas para além de dar informação sobre/em relação a a associação. Também estão ultimando detalhes para a próxima Marcha Rosa «e em breve {comenzaremos} com os oficinas para os usuários de costura, {reiki} ou yoga, entre outros, e que as pessoas saibam que a associação está aberta para quem o necessite», assegurou Rosa Delgado.

As notícias mais...