Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 22 de septembro de 2018

Trump, {Bannon} e os Republicanos


12/01/2018

 

Enquanto se discute sobre/em relação a a saúde mental do presidente de EUA a causa de as pouco/bocado favoráveis descrições feitas pelo pessoal da Casa Branca, contidas no livro {Fire} {and} {Fury}, Donald Trump tem aproveitado a ocasião para {desembarazarse} de um duro competidor na remodelação ideológica e pessoal do Jogo/partido Republicano. Steve Bannon, exestratega chefe do presidente, já tinha saído de qualquer maneira da Casa Branca. Agora, graças à pressão de Trump, perdeu {Breitbart}, a plataforma xenófoba de informação que Bannon usava em sua guerra contra o {establishment} político.

O ideólogo da extrema direita foi determinante na vitória eleitoral do multimilionário. Ambos queriam revolucionar o Jogo/partido Republicano e levá-lo ao populismo e {ultraderechismo} extremo. Bannon era o homem da mensagem enquanto Trump fazia de altifalante. A realidade, no entanto, se impõe e Trump tem necessitado daquele {establishment} –que era e é sua besta negra– para seu programa legislativo. Hoy Bannon pode supor um perigo para Trump –é duvidoso que fique quieto– num ano de eleições de metade de mandato. O que verdadeiramente está em discussão é o futuro do Jogo/partido Republicano. Embora ambos o queiram muito mais inclinado à extrema direita, a realidade obriga a Trump a acomodar-se com o quadro político já existente no jogo/partido, um quadro do qual já têm desaparecido os republicanos moderados.

As notícias mais...