Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 22 de junho de 2018

¡Quebrando a estética !

Antonio Gómez
04/01/2018

 

Estes dias tenho tido o privilégio de visitar parte da Extremadura, ‘berço de conquistadores’, e me tenho ficado maravilhado com tudo o que tenho podido conhecer.

Sobretudo Trujillo, uma das cidades mais bonitas, rodeada de um encantador ambiente natural, património nacional.

Mas, ao visitar seu castelo pude observar alguns objetos que não pertencem ao século XII.

Neste caso, um contentor de lixo e algum veículo estacionado em seu ambiente, quebrando a estética de dita maravilha.

Os senhores da Câmara Municipal se o teriam que apresentar já que, embora esta carta está escrita por um turista, é o pensamento de muitas pessoas que acha como eu e, entre elas, seus aldeões.

O 2 DE JANEIRO

Sete anos sem tabaco

Fernando Guerrero Barrio

Jaén

{El} 2 de enero se cumplen siete años de la entrada en vigor de la nueva ley {antitabaco}. Quero dar as graças a todos aqueles que contribuíram para que esta reforma da lei fosse uma realidade e entre as que se encontram: Associação Espanhola Contra o Cancro, comité nacional para a prevenção do tabagismo, {Sedet}, {nofumadores} {org}, Governo, partidos políticos e os cidadãos que {aportamos} nosso grão de areia para tirar o fumo dos lugares públicos, bem como aos fumadores que aceitaram e respeitaram a lei ou os que deixaram o hábito de fumar, acredito/acho que merecem este agradecimento.

Não foi fácil pois quebrar uma tradição tão antiga com hoteleiros, Tabaqueira, associações de fumadores e fumadores contra. A nova lei hoje em dia superou todos os prognósticos negativos que se lhe atribuíam, se aumentou a assistência aos lugares de lazer, se respira melhor em bares e restaurantes e os próprios fumadores nos dão a razão. Têm diminuído num 15 % os rendimentos por enfarte e {EPOC}, e, em definitiva, se melhorou a saúde das pessoas, embora ainda fica muito trabalho por realizar já que há quase um 30% de fumadores/ás que estão pondo em perigo sua saúde, entre eles encontram-se jovens e mulheres, bem como acrescentar novos espaços livres de fumo, recintos desportivos, terraços, etc..

E mais campanhas de prevenção contra o tabagismo em colégios e meios de comunicação. Usufrui a vida mas sem tabaco.

A NOVA REGIÃO

{Junqueras} perante {Tabarnia}

Antonio Bertrán Buendía

Madrid

{Junqueras} declaró ya hace tiempo que {Lérida} no tendría derecho, embora assim o votasse, a separar-se dos separatistas; menos ainda, naturalmente «concederia» hoje o direito a decidir a {Tabarnia}, esse conjunto/clube de {Tarragona} e Barcelona que claramente rejeitou seu {ruinoso} delírio independentista. Esse ambicioso {mini} imperialista sem escrúpulos mostra assim de novo e a maior escala ainda seu total {menosprecio} ao «direito a decidir» dos demais. O cúmulo de suas fantasias expansivas o revelou no mês passado, quando afirmou que não importava que as empresas catalãs se fossem a Valência ou Baleares, porque falavam catalão e assim, sonhava, seriam fáceis presas de seu cobiça conquistadora. E por isso, se calhar, {Junquera}, que a impõe a seus seguidores, se negou retratar-se com uma estrelada, --mera bandeira de luta, teve o valor de argumentar-- ,para não limitar sua ambição, como Cuba, à ilha catalã.

Se os que mais mudaram a história são os historiadores com seus contos, este {Junqueras} é sem dúvida seu rei, perdão, seu chefe, pondo seu {junquera}, sua fronteira, cada vez mais longe com sua imaginação, embora na verdade, por seu ilegal assalto à liberdade alheia, sua fronteira real hoje e, em defesa dos direitos humanos da maioria dos catalães, aos que não nos tem podido enganar, esperemos que sejam por muito tempo os quatro muros duma cadeia.

As notícias mais...