+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Presidentes da câmara municipal

 

JUAN JOSÉ Ventura Fernández
12/05/2020

No domingo passado este diário/jornal publicou um suplemento especial chamado ‘Em chave de futuro’. Nele um nutrido número de presidentes da câmara municipal escolhia EL PERIÓDICO EXTREMADURA para contar não somente como estão a fazer face ao {covid}-19 cada dia, mas seus planos para quando tudo isto termine, que fá-lo-á, se Deus quer. Temos de agradecer-los que nestes tempos de aflição nos tenham escolhido como altifalante e depositado sua confiança.

Ao longo/comprido de trinta anos de exercício profissional tenho conhecido e entrevistado a muitos presidentes da câmara municipal e, embora com certas exceções muito contadas, posso dizer que os cidadãos podem sentir-se muito orgulhosos de seus representantes em primeira linha. Presidentes da câmara municipal que fazem a compra aos maiores/ancianidade, lhes chamam ao telefone, se preocupam de que seus vizinhos/moradores tenham medicinas, procuram soluções para a desinfeção... Esse tipo de atividades superam largamente as responsabilidades do seu cargo e eles as realizam saborosos e conscientes de que som eles também tão essenciais como polícias ou sanitários.

A pandemia deixou ao descoberto algumas das nossas deficiências, especialmente no cuidado dos maiores/ancianidade, mas também nossas virtudes, e uma delas som nossos representantes em primeira linha de batalha. Porque, {tengámoslo} claro, o presidente da Câmara Municipal o é as 24 horas do dia. É abordado pelos vizinhos/moradores até quando vai a tomar-se o café. Eles lhe fazem procuras e denunciam deficiências in situ. E assim deve ser. De presidente da Câmara Municipal é difícil {escaquearse}. ¡Que diferença com nossos políticos das grandes cifras e números, da política com maiúsculas! Seu falta de contacto com a realidade lhes leva em ocasiões ao abismo ou à incompreensão dos cidadãos (e votantes).

Uma coisa parece clara: a pandemia vai-se a levar pela frente/por diante à maioria da turma política atual. Esperemos que os cidadãos distingam bem quem estiveram com eles {full} {time} e os que só/sozinho se acordaram deles na hora das urnas. Provérbio: Quando se move o presidente da Câmara Municipal, não se move em vão.

*Jornalista.