Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 19 de septembro de 2018

Normalidade nas novos descuentos


13/01/2018

 

Após anos de polémicas legais e políticas, as descuentos têm entrado numa fase de normalidade, na qual a liberalização da norma tem comportado que os comércios diversifiquem suas estratégias mas que, na prática, não façam coisas muito diferentes às que faziam. Visto o resultado destes primeiros dias, parece evidente que algumas das polémicas que viveu este sector foram no mínimo exageradas, quando não claramente desproporcionadas. Nem a lei obrigava a ninguém a fazer algo muito diferente do que necessitava, nem a liberalização tem comportado o afundamento de nenhum dos atores do sector, como tantas vezes se tinha anunciado.

Neste contexto, a meteorologia e o calendário foram os melhores aliados das descuentos. A atual vaga de frio as converteu no que eram originalmente, uma fórmula para saldar os {estocs} da época que tinham ficado nas lojas. Igualmente, que o início das descuentos tenha coincidido em feriado e que os comércios tenham podido abrir, tem impulsionado o consumo apesar de o pouco/bocado apetecível da jornada.

Segundo as primeiras estimações, as descuentos vão a servir para reverter definitivamente a estagnação do comércio no último trimestre, onde o bom tempo {reinante} parou o consumo de um {plumazo} e o manteve ao ralenti até à campanha de Natal. Embora as perspectivas nesse terreno continuam a ser incertas, o comércio tem sabido voltar a ganhar-se a confiança dos consumidores e daí a presença massiva de clientes das lojas.

As notícias mais...