Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 21 de septembro de 2018

Não encontrad

Pedro Serrano
03/06/2018

 

COLÉGIO SÃO FRANCISCO

Querida diretora, cara {Filo} …

Pilar Barrios

Univesidad da Extremadura

Não quero entrar em detalhes, embora gostaria aprofundar mais. Não conheço os factos/feitos porque não estive no momento nem no lugar onde se produziram. Também não me faz falta para o que quero expressar aqui. Não conheço os factos/feitos, digo, mas sim conheço um pouco/bocado tua colégio, um pouco/bocado bastante a escola São Francisco de Cáceres, que agora se atualiza com o significativo nome de Ribera del Marco. Posso falar de um colégio exemplar com a ilusão/motivação e o esforço incansável teu, como diretora, com teu claustro de professores e o grupo de mães e pais e de meninos e meninas, perante os reptos/objetivos que nos apresentam a sociedade e a educação do século XXI. Posso agradecer sempre teu boa predisposição a todo o momento, o desejo de colaborar em cursos sucessivos, de interagir na formação dos nossos futuros professores, com a experiência e a qualidade humana e profissional dos docentes e com seus grupos de meninos e meninas. Não há dobras, nem secretismo, nem protocolos frios, mas sempre uma grande proximidade, um sorriso, um brilho natural nos olhos, perante uma visita inesperada, perante uma proposta interessante para teus meninos, se respira um grande profissionalismo e ordem/disposição.

Não sei, às vezes dizemos coisas em situações limites, que fora de contexto podem parecer outras... não tenho a mínima dúvida, mas temos de conhecer as situações para entendê-las, e também temos de corrigir erros donde venham ¿como não? Mas ¿quem se tem empenhado em seguir/continuar sujando e pondo {losas} sobre/em relação a o São Francisco? Este colégio pode ensinar-nos como os faz com os seus alunos e alunas, já desde pequenos, o que é a aceitação, o respeito, a solidariedade, o reconhecimento e apoio diante da adversidade, o direito a ter uma vida digna e a uma educação em conceitos/pontos e, sobretudo, em valores.

Não {acabo} de entender o que é que se passa agora com a loucura de criar a discórdia e o confronto entre docentes, os alunos e pais, e de não querer entender que somos todos pessoas que vamos no mesmo barco, e, não precisamente para dizer e viver o ¡¡¡salve-se quem puder¡¡¡ mas para remar e navegar em sincronia.

Por favor, a quem corresponda, pedimos reincorporação imediata de {Filomena} {Ordóñez} a o seu posto de trabalho; que, em relação com os factos/feitos, se dê a atenção individualizada a cada pessoa no lugar devido e onde se possa fazer mais adequadamente, e, que estes desagradáveis acontecimentos, sirvam para fazer uma profunda reflexão desde a acalma. Porque conhecemos o centro, com o que {colaboramos} em anos sucessivos, pedimos que se faça definitivamente um reconhecimento à lavor/trabalho social e educativa da escola Ribera del Marco, ao claustro de docentes e a sua diretora.

FEMINISMO

A função de cuidar

Ana Ramírez

Barcelona

El {rol} de cuidar sempre foi o papel da mulher nesta sociedade machista. A mulher é a que cuida aos meninos, dos doentes, das pessoas maiores/ancianidade. Embora atualmente o homem assume mais dito papel, não por isso deixou de ser uma função que responsabiliza à mulher e por isso tem tão pouco/bocado valor. ¿Não tem valor porque é que o realiza a mulher? ¿Porque é que não é remunerado? A sociedade não poderia ser a que é se não fora pelos cuidados que tantas mulheres realizam silenciosamente.

As notícias mais...