Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 2 de abril de 2020

Não encontrad

Matilde Cruz
07/03/2020

 

EDUCAÇÃO

Turma de Religião

Juan Fernández

Madrid

Parece ser que explicar o aquecimento do planeta, referir-se às diferentes formas de experimentar a sexualidade, reprovar a violência de género, criticar a homofobia e a xenofobia e defender a igualdade social é doutrinamento. E parece que também o é o facto/feito de fomentar a tolerância ideológica, permitir que os docentes da escola pública façam seu estreitamente sem pôr-los baixo/sob/debaixo de a espada de {Damocles} e formar a jovens e cidadãos críticos que não se {aferren} a dogmas ancilosados. Mas, pelos vistos, que uns cidadãos nomeados a dedo por bispos e custeados com os impostos de todos façam apologia e propaganda da doutrina católica em centros públicos não é doutrinamento. Que contrariedade, Virgem santa.

hospital de Cáceres

O SES tem grandes profissionais

Pablo M. {Ritoré} García

Badajoz

Cuando para além de fazer teu estreitamente com profissionalismo, o fazes com carinho e humanidade; e em certos momentos complicados dos seres humanos, onde a saúde e inclusivamente a vida se põe em suas mãos e a isso acrescentam seu parte mais humana e carinhosa. Isto é o que aconteceu com minha irmã Carmen, uma sobrevivente que faz uns dias, um segunda-feira qualquer de um mês qualquer e perante grandes profissionais numas importantes instalações como é o Hospital Universitário de Cáceres foi atendida de forma programada por profissionais do Servicio Extremeño de Salud lhe praticaram uma complicada reconstrução mamária pela técnica {diep}. Por seu profissionalismo, por sua humanidade e carinho a todos eles, e especialmente ao pessoal de planta, queremos em nome de minha irmã e toda a família {Ritoré} García, agradecer a estes grandes profissionais o que faz. Obrigado/obrigada Servicio Extremeño de Salud.

APOSTAS ‘ON LINE’

Acabar com a publicidade

Juan J. {Ribas}

Barcelona

Es de elogiar a iniciativa do ministro Alberto Garzón de limitar a publicidade sobre/em relação a o jogo. Acredito/acho que a lei diz que somente se poderá anunciar a partir das doze da noite. Está claro que antes de que entre em vigor, as sociedades de jogo on line estão aproveitando. Assim, ultimamente tenho podido ver publicidade deste tipo numa conhecida e progressista cadeia privada algo antes das dez da noite, dois domingos consecutivos e no meio de um programa de importante audição.

A meu modo de ver, a promoção do jogo, especialmente on line, deveria ser a mesma que a que têm o tabaco e os licores de alta regulação: nenhuma.

Me {pregunto} quanto poder/conseguir tem esta indústria, ou se o Estado arrecada mais com ela. Cada um que faça o que queira, mas que estes costumes não se promovam nos meios de comunicação.

As notícias mais...