Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 15 de novembro de 2018

Graças, presidente

EVA Pérez
08/06/2018

 

De coração, e com muita humildade, lhe agradeço tudo o esforço que você e seu governo fizeram para manter-se firmes apesar das pressões que sofreram e não ir ao resgate de Europa. Essa decisão, que, a posteriori, toda a gente reconheceu como {acertada}, juntamente com a gestão que tem realizado estes sete anos de governo, nos situa numa Espanha que não para de crescer e que é já um referente para toda Europa.

Ainda me acordo de como toda a gente falava da prémio de risco, sem ter muito claro que era aquilo, só/sozinho que estava disparada e que prejudicava a Espanha. Hoy, graças a sua gestão, ninguém fala da prémio de risco ou do abismo ao que nos {asomábamos} depois da gestão de {ZP}.

GRAÇAS, por defender a unidade do nosso país. Por fazê-lo com toda a prudência e firmeza que requeria a situação. Porque toda a gente dá conselhos sobre/em relação a como têm que fazer-se as coisas, mas foi seu governo quem teve que tomar as decisões, e, em minha opinião, foram as decisões corretas.

GRAÇAS, por não querer negociar nunca com ETA. Graças por manter-se fiel a seus princípios e atuar firme/assine contra os terroristas. Se hoje podemos falar do fim do grupo terrorista ETA, em grande parte se o devemos a você e, naturalmente, aos milhares de assassinados, feridos, vítimas e todas as pessoas que ao longo/comprido de 60 anos lutaram por viver numa Espanha em paz.

GRAÇAS, porque com seu discurso de despedida nos comoveu e nos recordou que devemos sentir-nos orgulhosos de pertencer ao Partido Popular. Que somos um jogo/partido forte, que tem conseguido muitos benefícios para este país, e que devemos continuar apesar das adversidades.

GRAÇAS, por esses 14 anos como presidente do PP e por esses 40 como militante.

GRAÇAS por não ir-se embora completamente, por oferecer-se fielmente a colaborar com quem lhe aconteça no cargo, como um militante mais, com a humildade que lhe carateriza.

Dizem que o tempo é um juiz tão sábio que não sentença de imediato, mas no fim dá a razão a quem a tem. Você, que é paciente, sabe que o tempo lhe porá no lugar que lhe corresponde. Mas eu não vou esperar a que isso aconteça, e desde já lhe digo que foi o melhor presidente do Partido Popular e do Governo de Espanha.

Graças, PRESIDENTE.

* Assessora jurídica e deputada do PP

As notícias mais...