Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 20 de septembro de 2017

Defender Espanha é defender Extremadura

EVA Pérez Zamora
08/09/2017

 

Nesta semana fomos testemunhas dum dos episódios mais vergonhosos da nossa história democrática. O delírio independentista tem transferido todos os limites e o espetáculo protagonizado na quarta-feira passada no parlamento catalão ficará em nossa memória como um atentado sem precedentes contra o Estado de direito.

Hoy que é nosso dia convem não esquecer que se Espanha se quebra ou se debilita nossa região se converteria numa quimera, num sono/sonho impossível, como advertiu ontem o presidente Monago, durante sua intervenção no ato institucional que teve lugar na Assembleia.

Neste Dia da Extremadura devemos ter muito presente que defender Espanha é defender também nossa região.

Assim está escrito/documento em nosso Estatuto de Autonomia. Essa e não outra é nossa vontade política e deve ser também a argamassa que nos uma sem ambiguidades.

Os extremenhos temos sabido crescer sem necessidade de {empequeñecer} a ninguém no processo. Sempre conscientes de que não somos mais e também não menos, {reclamamos} e continuamos reclamando nosso espaço e apesar disso não {concebimos} uma Extremadura sem Espanha.

Faz uma década que não {celebramos} um Dia da Extremadura sendo campeões de desemprego nacional e europeu. Esta realidade {clamorosa} é a confirmação de que necessitamos duma Espanha coesa na qual prevaleça a solidariedade, a justiça e a lei, porque o desemprego é nosso principal desafio.

E neste repto/objetivo de enormes dimensões deve estar o governo regional, não desde a desculpa, mas desde o acordo/compromisso com esta terra que implica executar as contas, cumprir as promessas, respeitar os pactos e não alentar a confusão de aqueles que num momento tão delicado estão jogando a adivinhar quantos {mini} estados conformam a famosa nação de nações plurinacional.

Todas as forças políticas sem exceção devem abandonar os eufemismos como estratégia porque o desconcerto só/sozinho serve para dar-lhe asas ao vitimismo nacionalista e em nada ajuda às vítimas desta {sinrazón}, que somos todos os espanhóis.

¡Feliz Dia da Extremadura!

* Assessora jurídica e deputada do PP

As notícias mais...