Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 19 de dezembro de 2018

Califórnia e a marijuana


02/01/2018

 

Desde este 1 de Janeiro já é legal cultivar marijuana em casa e comprá-la em comércios autorizados no estado da Califórnia, a sexta economia mundial com uma população de quase 40 milhões de pessoas. A legalização, após ter superado um plebiscito celebrado no mesmo dia das eleições presidenciais, afetará a numerosas condenações judiciais de forma retroativa e servirá em muitos casos para apagar os historiais delituosos que arrastam milhares de californianos após décadas de perseguição policial contra o uso da erva. A autorização põe em marcha também um negócio multimilionário do qual, para além de aos empresários do sector, se lucrará especialmente o Estado através dos impostos que gravarão o comércio. As vendas se taxarão com um 15% que pode aumentar até ao 45%. Embora com dimensões bem diferentes, o caso da Califórnia ressuscita o debate sobre/em relação a a regulação da marijuana em Espanha, país que está entre os três primeiros da UE quanto a consumidores da substância. Por um lado, os efeitos {medicinales} –indubitáveis para muitos doentes– obriga a tratar o tema não como um assunto criminoso/criminal mas de saúde pública. E por outro, se deve acometer de uma vez por todas a regulação dos clubes {cannábicos} que imponha requisitos administrativos que garantam a exclusão das máfias, que agora beneficiam-se do desordem, como o consumo respeitoso com as direitos dos não consumidores.

As notícias mais...