+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Um sistema pioneiro de desinfeção por luz ultravioleta se instalará em sete pontos chave

A câmara municipal considera a arrecadação de fundos por meio de uma Feria do Cavalo de Albalá na internet

 

Implicados. A policia municipal e o presidente da Câmara Municipal levam alimentos e medicinas aos vizinhos/moradores. - EL PERIÓDICO

Operário. Um trabalhador da Câmara Municipal desinfeta as ruas de Albalá. - EL PERIÓDICO

Redacción AA MONOGRÁFICOS
10/05/2020

Albalá sempre tem demonstrado que está à vanguarda em muitos aspetos. Foi exemplo de gestão em suas acreditadas feiras pecuárias e agora, diante da situação da pandemia do {covid}-19 e como medida de prevenção, a Câmara Municipal de Albalá quis ser pioneiro na posta em marcha de um sistema de desinfeção por luz ultravioleta através do ar, que se instalará em locais públicos e de grande concorrência.

Este sistema inovador consiste numa instalação fixa e de desinfeção contínua como medida de proteção de esta ou outras possíveis situações. A câmara municipal tem assinado um pré-acordo com o distribuidor da Extremadura de ditos sistemas de desinfeção, dos quais vão a instalar sete equipas distribuídos na residência de maiores/ancianidade, salas de aula da escola, consultório médico e escritórios do Câmara Municipal de Albalá.

As equipas foram verificados e acreditados com certificado da União Europeia e fabrico na Europa com componentes de primeiras marcas ({Philips}). O presidente da Câmara Municipal de Albalá, Juan Rodríguez afirma que “em breve {realizaremos} ditas instalações uma vez recebamos as equipas de Bélgica, esperamos que para meados de Maio já estejam instalados. Queremos dar um passo mais pelo bem de todos os vizinhos/moradores”, afirma o vereador.

O presidente da Câmara Municipal de Albalá trabalha junto a seu plantel/elenco de governo por sair do estado de alarma da melhor forma possível “e apresentar dalguma maneira como podemos preparar-nos para a situação económica que se nos vem em cima, que vai ser um grave problema”. É por isso, e conscientes da importância do sector pecuário em Albalá, vão a dar facilidades aos profissionais.

Assim, face ao verão, onde podem ter problemas de abastecimento de água para suas cabanas, a Câmara Municipal de Albalá vai a realizar em seu montado {boyal} um poço com o que possam fornecer a seus animais e com isso eliminar um custo adicional. A bomba do poço de sondagem vai a funcionar com energia solar para minimizar custos e dele poder-se-ão aproveitar todos os pecuários do município. Para a realização deste poço vão a destinar fundos que estavam previstos para festas e será complementar a outro que já existe nas arredores do município.

Como outros muitos câmaras municipais vão a eliminar taxas como por exemplo a de terraços, que neste ano era o primeiro que se implantava. Também se tem suprimido o pagamento do aluguer dos locais municipais, como por exemplo, a {lonja}, que se encontra no recinto pecuário. A supressão durará enquanto esteja vigente o estado de alarma.

Albalá é conhecida por seu Feria do Cavalo, que já superou mais de vinte edições. Deveria ter-se celebrado no passado mês de Abril com a assistência de mais duma vintena de ganadarias e 70 exemplares de cavalos de Pura Raça Espanhola. A Associação Nacional de Criadores de Cavalos de Pura Raça Espanhola ({Ancce}) qualifica esta feira com dois estrelas e é toda uma referência no país. Ao ter-se suspendido, Juan Rodríguez está apresentando uma edição alternativa on line cuja arrecadação seja destinada à aquisição de material para a residência de maiores/ancianidade A Esperanza e a residência da Associação Francisco de Asís. Com umas bases prévias, se mostrarão em foto os exemplares de Pura Raça Espanhola e cruzados. As fotografias estarão expostas nas redes sociais e depois um júri decidiria os exemplares vencedores. A ideia é que o contributo fora em função do número de cavalos apresentados.

ATENÇÃO PESSOAL. O presidente da Câmara Municipal de Albalá mantém uma comunicação muito estreita com seus vizinhos/moradores nestes momentos de estado de alarma. Uma aplicação para telefones inteligentes chamada Bando Telemóvel lhes permite estar conetados com eles e também emprega as redes sociais. Os maiores/ancianidade e as pessoas que não podem sair de casa estão perfeitamente atendidas através da Policia Municipal e o próprio presidente da Câmara Municipal que, em ocasiões, faz a compra para estes vizinhos/moradores que não podem fazê-la pelos seus próprios meios. Obrigada/obrigado, som mais duma dezena de beneficiários.

Também através da Diputación de Cáceres e o Banco Alimentar se entregaram produtos de primeira necessidade às famílias mais vulneráveis. “Nosso objetivo é melhorar todos os serviços existentes e que não lhes falte de nada aos vizinhos/moradores”, esclarece Juan Rodríguez. Albalá não se tem visto especialmente afetada pelo coronavirus. A residência de maiores/ancianidade se fechou ao público nada mais começar a pandemia. Se desinfeta diariamente e não registou nenhum caso.

“Este verão esperamos a visita de muitos turistas e estamos trabalhando para poder/conseguir dar-lhes o serviço necessário, sem sair-nos, naturalmente, do quadro legal”, acrescenta Juan Rodríguez. Albalá honra cada ano em meados de Agosto a são Joaquín, festa que neste ano está suspendida. No horizonte encontra-se a Feria de Ganho de Albalá, programada, em princípio para o mês de Outubro e cuja edição seria a décimo sexta. A este acontecimento assistem 120 animais de diferentes raças. Obrigada/obrigado, se espera a participação duma trintena de prestigiosas ganadarias das raças {Charolesa}, {Blonde} de {Aquitania}, Limusina e {Fleckvieh}. O presidente da Câmara Municipal espera que se possa celebrar e que com isto possa voltar-se a uma certa normalidade.