Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 21 de novembro de 2017

Ser empresário

JOSÉ CARLOS MORENO VÁZQUEZ
21/06/2017

 

Receber/acolher faz agora 12 meses o Prémio Empresário do Ano 2016 me permitiu refletir sobre/em relação a o significado dessa palavra, sobretudo quando esse mesmo ano, poucos dias antes, tinha tido a ocasião de celebrar o 10º Aniversário de Instituto/liceu Neofacial perante um público similar e grande parte das mesmas personalidades. O termo empresário está carregado de conotações que, dependendo de quem o emprega ou a quem se refira, pode evocar valores positivos ou negativos, admiráveis ou detestáveis. Se calhar por isso quis de modo inconsciente deixar claro em minha intervenção que me sentia acima de tudo cirurgião. Se calhar foi uma mensagem tranquilizador àqueles pacientes atuais ou futuros que poderiam perguntar-se: ¿Quero que me opere um empresário ou um cirurgião? E que poderiam responder-se rapidamente: “¡Obviamente, um cirurgião!”. ¡Como se ambas condições fossem excludentes! Hoy, um ano depois, o Jornal Extremadura me brinda uma segunda oportunidade que {aprovecharé} agradecido para desenvolver um pouco/bocado mais o conceito/ponto.

Ser empresário é, acima de tudo, uma vocação. Somos empresários todos aqueles que num momento da nossa vida {apostamos} por não conformar-nos com ser trabalhadores por conta alheia ou funcionários e, tendo uma visão, nos {lanzamos} a pô-la em prática assumindo riscos e sobrecustos vitalistas/vitais em dedicação, problemas e incertezas. Portanto, ser empresário é em primeiro lugar ser VALENTÃO e INCONFORMISTA. Mas já lançados à tarefa, com nosso capital em jogo e o sustento de várias famílias dependendo das nossas decisões, cedo {aprendemos} a ponderar riscos e expectativas com um sentido da realidade que, longe de paralisar-nos, nos ajuda a encontrar o caminho e a perseverar quando aparecem os problemas ou as enganos. Portanto, ser empresário também é aprender a ser PRUDENTE, REALISTA e OTIMISTA. E quanto mais {crecemos} mais temos aprendido a defender-nos da competência com a diferenciação e com o trabalho bem facto/feito. Já temos claro porque é que um cliente deveria ir a nós e não a algum dos centenas de competidores que nos rodeiam. Encontrámos em que somos únicos e temos aprendido a não conformar-nos com o trabalho facto/feito a médias. Portanto, ser empresário é ver-se obrigado a ser REFLEXIVO e PERFECIONISTA. Por último, tudo aquele que nalgum momento foi empreendedor, autónomo/trabalhador independente ou empresário conhece perfeitamente a capacidade de consumo de tempo e dedicação que é capaz de ocasionar essa ocupação, que absorve nossos pensamentos a tempo inteiro e muitas vezes condiciona o resto de atividades da nossa vida e da nossa família. Sem essa forma de dedicação é difícil fazer progredir nossa empresa. Ser empresário é portanto estar COMPROMETIDO com a empresa. Esta é a meu modo de ver a combinação mágica que leva as empresas ao êxito. A que faz do empresário um bom empresário ou favorece que tenha sorte, como seguro dizem alguns de seus amigos ou de seus competidores, ou que ganhe a batalha antes de deliberar-la, como escrevia {Sun} {Tzu}.

Infelizmente, os empresários não sempre somos vistos dessa forma pela população. Existem de forma generalizada dois etiquetas implícitas à condição de empresário, que atua como um alerta que questiona permanentemente a legitimidade das nossas intenções. Uma delas é que nos {movemos} por dinheiro e onde não há dinheiro não vamos. A outra é que, se temos que escolher entre o adequado para o cliente ou o rentável para a empresa, escolheremos sempre o melhor para a empresa. ¿Que dizer a estas acusações? Hoje em dia é difícil fazer sustentável esse tipo de conduta. Numa sociedade na qual tudo se conhece à velocidade de um {click} e na qual as más notícias voam a maior velocidade é fácil identificar as empresas que têm um código de boas práticas e uma necessidade de sustentabilidade, com acordo/compromisso de resultados e dedicação, daquelas sem princípios éticos somente dedicadas ao dinheiro fácil e rápido. Por este motivo, ser empresário é ver-se obrigado a ser INTEGRO. Se alguém que está a começar com sua empresa ou que se está apresentando montar uma empresa me perguntasse sobre/em relação a a principal qualidade que deve ter o empresário lhe falaria da importância de desenhar uma empresa sustentável unificando os interesses do cliente, do trabalhador, da empresa e da sociedade. Não pode ter uma empresa sustentável que não se preocupe de isso. Hoje em dia é necessária a evolução da empresa desde o modelo puramente produtivo a uma integração voluntária na realidade social, económica e ambiental, que afeta a todos os seus processos e a suas relações com seus trabalhadores, clientes, fornecedores e com a sociedade em geral. Devemos ser RESPONSÁVEIS com todos eles. Essa responsabilidade significa perguntar-nos: ¿Como {contribuimos} a criar um mundo melhor?.

Para terminar, gostaria salientar estas dois últimas qualidades acima de todas as demais. A INTEGRIDADE e a RESPONSABILIDADE da pessoa são as que marcam a autêntica diferença no sentido e na repercussão das nossas atuações e, unida a elas, a terceira qualidade imprescindível do empresário: o LIDERANÇA. É a capacidade de inspirar aos demais, de ter a visão de a onde ir e a onde não ir. A habilidade de potenciar as capacidades de cada membro da equipa e a capacidade de unir o grupo de pessoas que trabalham juntas e convertê-las num plantel/elenco de pessoas que colaboram até um mesmo fim, primando a grandeza e a {perdurabilidad} sobre/em relação a a mera eficácia ou eficiência produtiva, criando riqueza social para além de simples benefícios. Há um ano dizia sentir-me acima de tudo cirurgião. Hoy, sem ter deixado de sentir-me assim e trabalhamos/trabalhámos cada dia como tal, quis transmitir sem complexos os valores do empresário que também sou, como princípios nos que acredito/acho e com os que trabalho cada dia tentando combiná-los e pô-los em prática, uns dias melhor e outros dias pior. Para mim, essa forma de vida é o VERDADEIRO ÊXITO.

As notícias mais...