Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 18 de janeiro de 2020

O gás natural está presente em mais de 90.000 habitações

A empresa extremenha Gas Extremadura alarga suas redes de distribuição

Redacción AA MONOGRÁFICOS
30/10/2019

 

Gas Extremadura como energia limpa, contribui ao crescimento sustentável da Extremadura, melhorando nossa qualidade de vida e a competitividade das nossas empresas e indústrias, tudo isso acompanhado duma importante ajuda para a redução da poluição ambiental.

A empresa extremenha Gas Extremadura segue/continua alargando suas redes de distribuição de gás natural, superando já os 776 quilómetros para dar fornecimento a mais de 90.000 habitações e empresas nas principais 18 localidades de toda Extremadura.

O número de novos clientes conetados às redes de Gas Extremadura se mantém acima dos 2.000 pontos de fornecimento brutos anuais. Este crescimento reflete que os extremenhos identificam cada vez mais o gás natural com benefícios como conforto, comodidade, segurança, competitividade económica e sustentabilidade ambiental, de modo que habitações que até agora utilizavam outras fontes de energia como {butano}, propano ou gasóleo se estão passando ao gás natural.

Já em 2019 este ritmo de incorporação de clientes se está vendo favorecido pela recuperação do sector imobiliário, o qual conta com o gás natural como uma qualidade básica e um valor acrescentado, para as novas promoções de habitações sobretudo o Badajoz e Cáceres.

Tudo isso permitiu a Gas Extremadura alcançar uma cifra superior aos 90.000 pontos de fornecimento durante neste ano 2019.

O gás natural se adapta a qualquer tipo de cliente, desde os grandes consumos industriais até os pequenos consumidores domésticos, passando pelos grandes hospitais do SES, os prédios dos Campus Universitários de Badajoz e Cáceres, as grandes residências geriátricas, centros educativos municipais, instalações desportivas, centros comerciais, hotéis, restaurantes, comunidades de vizinhos/moradores e qualquer outra atividade que requeira uma energia económica, de fornecimento contínuo, sem armazenagens, segura e limpa, já seja em grandes ou pequenas quantidades/quantias.

Isto faz com que o consumo de gás natural nas redes de Gas Extremadura continue a crescer a ritmos superiores à média/meia nacional, superando já em 2019 ao ano anterior, com um crescimento anual do 2,5% frente a 2018, sobretudo devido a grandes clientes associados a aquecimento como são as comunidades de proprietários que ou bem mudam o {quemador} de combustível antigo por uma caldeira central nova a gás natural, ou bem descentralizam instalando cada proprietário uma caldeira nova individual de {condensación}, em ambas situações, completadas com soluções cada vez mais {tecnificadas} e eficientes como o telecomando e termóstatos inalâmbricos com soluções de {app} telemóvel à distância. Já são mais de 2.400 habitações associadas às aquecimentos centrais que usufruem do fornecimento contínuo do gás natural.

QUALIDADE DO AR. O uso do gás natural na climatização de prédios (em substituição do gasóleo, propano, carvão e lenha) reduz consideravelmente as emissões contaminadas, especialmente óxidos de nitrogénio ou de {azufre}, compostos orgânicos voláteis ({benzopirenos}) e partículas sólidas ({PM10} e {PM2,5}), cuja presença no ar que {respiramos} aumenta o risco de doenças respiratórias e cardíacas, como advertiu em vários relatórios a Organização Mundial da Saúde.

As notícias mais...