Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 25 de septembro de 2017

O flatulencia de associações congrega a mais de 1.500 participantes de 80 grupos

Cada uma delas recebe pão e presunto em função de seu número

Redacción
30/08/2017

 

Casar de Cáceres vive com intensidade suas Festas do Ramo, com um completo programa de atividades no qual a Mesa de Oferendas de domingo 3 de setembro é um dos principais atrativos. A origem destes festejos está datado no ano 1610.

A atividade para hoje quarta-feira centra-se no concurso de gastronomia que se desenvolverá na casa de cultura, bem como em {sendos} troféus O Ramo de natação e futebol na piscina municipal e o pavilhão polidesportivo, respetivamente.

Amanhã continuará a atividade desportiva com a final do troféu futsal sénior e a posterior encerramento/encerra do verão desportivo e juvenil.

Na praça/vaga de {Sancho} IV a partir das onze e média/meia da noite e até as seis da manhã terá lugar o festival de música Ramo com um tributo a {Fito} e {Fitipaldis} da mão de {Fitomanía} e música disco com DJ {Tito}.

Na sexta-feira 1 de setembro desde o meio-dia e até as duas da tarde se desenvolverá um parque infantil e festa da espuma. O momento mais esperado é o flatulencia de Associações animado pela charanga local ‘{Semos} a leite’. As associações se concentrarão às dez da noite na praça/vaga de {Sancho} IV e sairão uma hora depois para percorrer o Passeio da Extremadura, a rua Longa Alta e a praça/vaga do Câmara Municipal. Cada associação receberá pão gigante e presunto em função do número de integrantes. Está estipulada a participação de 80 associações, o que supõe umas 1.500 pessoas aproximadamente.

Neste ano uma das novidades é que o pregão será a cargo duma associação local muito representativa da localidade, a Associação Local de Pessoas com Diversidade Funcional de Casar de Cáceres ({Adiscasar}).

As orquestras A Idealizadora e {Bora} {Bora} atuarão na verbena da praça/vaga do Câmara Municipal. Na ermida de Santiago os jovens dançarão com a discoteca telemóvel desde as duas da manhã até as sete.

No sábado às seis da manhã a charanga ‘{Semos} a leite’ partirá até ao Centro de Lazer e Cultura em cuja praça de touros se soltarão umas {vaquillas} para a lida popular. Às duas da tarde terá {frite} para todos os que o desejem na praça/vaga ao simbólico preço de um euro o prato. O {Cañita} porá os sons de rumba e flamenco à degustação.

As orquestras {Amadeus} e {Maxims} na praça/vaga de {Sancho} IV soarão a partir das onze e média/meia da noite e também essa madrugada terá discoteca telemóvel junto ao Centro de Lazer e Cultura.

MESA DO RAMO. O grande momento das festas é a Mesa do Ramo. Tem sua origem na oferenda que os agricultores faziam ao terminar de recolher a colhe do verão. Neste ano será no domingo na rua Longa Alta, nomeadamente no número 3. Os mordomos são Jesús Pérez Andrada e Vitória Eugenia Carrero. Na mesa do Ramo se leiloam produtos típicos elaborados pelos próprios {casareños}. Com o arrecadado se financiam as despesas da Confraria de Almas, que é a que organiza a mesa de oferendas num tabuleiro de madeira com um ramal de azinheira em cada esquina.

No domingo desde o meio-dia até as duas da tarde os mais pequenos se o passarão em grande com os touros incháveis que sairão da praça/vaga do Câmara Municipal, onde atuará o grupo As {Candelas} de Garrovillas de Alconétar.

Os {recortadores} locais farão uma demonstração de sua valentia na contorna local que começa às oito na praça de touros.

A orquestra {Taxxara} desde as onze e média/meia da noite põe a música na praça/vaga de {Sancho} IV.

Na segunda-feira 4 de setembro continua a festa com o grande escorrega aquático {Kamikace} que se instalará desde o meio-dia até as duas. Se ainda há vontade de divertir-se {responsablemente} com a água, na praça/vaga de {Sancho} IV terá música disco-água e festa da espuma. A orquestra dessa noite será {Bora}-{Bora} e começará sua atuação às nove. As festas finalizam na terça-feira 5 de setembro com uma festa infantil na praça/vaga do Câmara Municipal que se iniciará a partir das oito. Posteriormente Pilar Boyero será o prato principal do Festival Flamenco do fim de festas.

Um espetáculo de fogos artificiais em A Charca porá o ponto final a uma semana de atividades. O presidente da Câmara Municipal de Casar de Cáceres, Rafael Pacheco, recorda que o município continua a trabalhar para que a Festa do Ramo seja declarada de Interesse/juro Turístico Regional já que “reúne todos os requisitos”.

As notícias mais...