+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Carnaval de Badajoz, festa em auge

A agenda de eventos soma nova e diversas atividades cada ano. As novidades de 2020 estão dirigidas aos mais pequenos, que poderão divertir-se participando nos desfiles, recitais e oficinas de segunda-feira

 

A Garagem. Agrupamento participante no desfile/cortejo do ano passado. - {ANDRES} R.

Ao {Maridi}. Atuação da murga Ao {Maridi} no concurso do López de Ayala. - {ANDRES} R.

A.Galván AA MONOGRÁFICOS
21/02/2020

A vitalidade de qualquer festa costuma estar condicionada pela capacidade de quem a organiza na hora de adaptá-la às novas tendências e aos gostos da maioria do público. Se requer, neste sentido, uma visão o suficientemente larga/ampla como para saber criar as condições idóneas em que a tradição e a modernidade possam {coexistir}, evitando a desnaturalização da festa, mas também o {anquilosamiento} no passado, por muito glorioso que pudesse parecer.

Nessa capacidade para {mutar} e adaptar-se aos tempos, e em seu carácter eminentemente popular, reside o êxito do Carnaval de Badajoz, uma festa que, em sua conceção contemporânea, se encaminha já até seu quadragésimo aniversário.

O decurso dos anos trouxe consigo a adaptação de certos aspetos da festa, o reforço de outros e a inclusão de novas propostas. Neste sentido, cabe assinalar que não há ano em que a agenda carnavalesca não inclua novas atividades e iniciativas que vêm a somar-se às que, tradicionalmente, contaram com maiores/ancianidade cotas de êxito e participação.

CONCURSO DE MURGAS. Ao tradicional concurso de murgas ({COMBA}), que vem celebrando-se no teatro López de Ayala desde/a partir de no passado 11 de Fevereiro, com a participação de 24 agrupamentos, se acrescentaram, há/faz pouco mais de um lustro, os concursos de murgas juvenis e infantis (‘{Combita}’), que, em sua sexta edição se têm desenvolveram ao longo/comprido de sábado, domingo e segunda-feira passados, com a concorrência de 19 grupos infantis e 8 juvenis.

A final de {COMBA} terá lugar a partir das 22.30 horas desta noite. Mas antes, por volta das 17 horas, arrancará o desfile/cortejo de 37 comparsas infantis que transitará pela avenida de Europa, a praça/vaga Dragões Hernán Cortés, a praça/vaga Minayo, a rua Bispo Juan de Ribera e a praça/vaga de Espanha. Também esta sexta-feira terá lugar o pregão do Carnaval 2020, que correrá a cargo de três reconhecidas carnavalescas badajocenses, {Alexia} Sánchez (membro da comparsa {Umsuka}-{Imbali} e presidenta de {Falcap}), Pepa Montesinos (do artefacto {Deskrria2}) e {Tamara} Polido ({murguera} de As {Chimixurris} e membro do grupo menor Os {Chirigallos}).

Amanhã, a partir das 11 da manhã, começará uma das atividades de mais recente incorporação à agenda carnavalesca da cidade, o desfile/cortejo de artefactos, que tem fixado seu ponto de saída na Estação de Renfe e concluirá na avenida Saavedra {Palmeiro}. Outro dos pontos chave estará na Porta de Palmas, onde, a partir da 1 do meio-dia começará a Passarela Dom Carnoso, que se estenderá até as 8 da tarde e contará com a participação de diferentes comparsas. Grande parte da atividade carnavalesca também estará centralizada no nicho do passeio de São Francisco, onde atuarão às 13 horas as murgas vencedoras do {COMBA} e onde terá um DJ picando a partir das 14 horas. Também em São Francisco terá lugar a celebração dos diferentes concursos de fantasias. O Carrossel de Murgas girará desde/a partir de as 12 da manhã e até 15.30 horas, com os processos de murgas infantis e juvenis na praça/vaga Alta e a rua San Juan, e desde/a partir de as 16.00 da tarde e até à 1 da madrugada, com o processo das murgas adultas nos cenários situados na praça/vaga da Soledad, a praça/vaga Alta, a praça/vaga López de Ayala e a esquina da Cubana. Às 23 horas, a festa se deslocará também até à praça/vaga de Espanha, onde terá outro DJ picando música.

No domingo será o dia das comparsas, embora também dos artefactos e grupos menores. Mas, muito especialmente, das comparsas. Os milhares de pessoas que estiveram a trabalhar durante meses na confeção de cada detalhe de seus espetaculares fatos, no aprendizagem de bonitas coreografias e na produção de excitantes ritmos poderão, por fim, mostrar os frutos de seu esforço, mimo e dedicação. O percurso/percorrido que realizarão as 51 comparsas, os 33 artefactos e os 14 grupos menores começará na avenida Santa Marina, continuará pela rua Enrique Segura Otaño e a avenida de Europa, para concluir, finalmente, na praça/vaga Dragões Hernán Cortés. Desde/a partir de as 16 horas, também terá um DJ picando em São Francisco, onde habitualmente acabam desembocando os {comparseros} no fim do desfile/cortejo.

Na segunda-feira será o dia dos meninos e jovens. De 10 a 14 horas poderão participar nos oficinas carnavalescos que se organizarão na praça/vaga de Conquistadores. As murgas infantis e juvenis atuarão a partir das 17.00 em São Roque. E as comparsas infantis desfilarão na avenida de Huelva às 16.30.

Na terça-feira 25 de Fevereiro será o enterro da sardinha em São Roque, onde a Câmara Municipal também tem organizado o habitual desfile/cortejo de comparsas. As atividades, que terão lugar na avenida Ricardo Carapeto, começarão às 11 da manhã. E o ponto final ao carnaval 2020 se porá com a entrega de prémios aos vencedores dos diferentes concursos, ato que se celebrará no nicho de São Francisco a partir das 19.30 horas.