Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 19 de dezembro de 2018

As associações recuperam o protagonismo da festa

O flatulencia congregou no passado ano a 1.500 participantes de mais de 100 associações. A presidenta da Câmara Municipal enfatiza que seu objetivo é fomentar a participação

REDACCIÓN
15/09/2017

 

As associações voltam a ser as protagonistas das Festas de Setembro em Arroyo de la Luz. Esse foi o empenho do vereador de Festejos de Arroyo de la Luz, Juan Manuel Salomón, segundo os excelentes resultados da passada edição e neste ano espera repetir-los. No passado ano já se conseguiu congregar a 1.500 pessoas, à volta de umas 100 associações. Por isso se instituiu o Dia das Associações, no sábado das festas de setembro. «Para que a participação seja total nos reunimos com as associações ao objeto de fazer uma jornada em função de seus desejos e melhorar assim cada edição. Estamos abertos a qualquer coisa, sempre dentro do que é a festa em si», explica o vereador.

A presidenta da Câmara Municipal Isabel Molano acrescenta que as festas têm que ser do povo/vila «e para que saiam bem o melhor é fomentar a participação. A ideia de recuperar as associações é estupenda e neste ano mantivemos três reuniões com eles». Destaca como novidade neste ano que tal como existe um pregão para adultos, neste ano há um para meninos. Outro dado significativo é a eleição dos pregoeiros de cada ano. Assim, numa das provas de sábado de associações se dará uma chave a cada uma delas. Só/sozinho uma abrirá um baú onde há um presunto. A associação que se faça com o {pernil} será a pregoeira do ano que vem.

Neste ano se tem redobra a animação com dois charangas na concentração da praça/vaga da Constituição, onde se degustará no domingo uma grande paelha, ao todo 1.500 doses. «No fim se move muito o povo/vila. No passado ano se encarregaram muitas t-shirts e teve uma grande produção». A degustação de {frite} de touro ao simbólico preço de 1 euro é já tudo um clássico das atividades estrela da jornada de hoje. A concentração de caveiras tem um sabor muito especial. «É uma atividade muito infantil e que cada ano tem ido a mais. São caveiras esculpidas em melões, melancias e abóboras que são autênticas obras de arte. É um dia muito bonito para os meninos», comenta a presidenta da Câmara Municipal. Além disso, os meninos vencedores recebem presentes escolares que se trocam em por material didático numa loja do município.

A presidenta da Câmara Municipal anota que «o programa dá espaço a todos os sectores da população, que todos os que vejam o programa pensem que têm uma atividade para eles. O programa não deixa vazio no descanso. Nosso interesse/juro é recuperar as festas de setembro tal como eram».

Outro dos objetivos do programa feriado é potenciar a feira de dia e por isso celebra-se o concentração de {vaquillas} e contorna ao meio-dia de domingo, segundo explica Juan Manuel Salomón: «As festas de Arroyo se tinham circunscrito às atividades taurinas e as {discomóviles}, mas isso não é a essência do município».

FERIA AGROALIMENTAR /Nesta ocasião o número de expositores da segunda edição da Feria Agroalimentar se espera que chegue à vintena. As protagonistas serão as empresas agroalimentares do município. O objetivo desta feira é revalorizar a economia local num ambiente rural apropriado, dinamizar os sistemas de qualidade dos produtos autóctones da zona, favorecer o intercâmbio comercial e, sobretudo, fomentar o turismo. Tudo isso para favorecer a promoção e comercialização direta dos diferentes sectores socioeconómicos da região.

Naturalmente, os touros continuam a ser um dos atrativos, com cartazes de luxo. Assim, o festejo de farpas de amanhã sábado contará com Ana Rita e {Óscar} Partícula, que lidarão quatro novilhos.

No domingo o festival taurino reunirá a três matadores da talha de Javier Conde, Estalagem de Maravilha e María del Mar Santos, que se as verão com três novilhos.

As notícias mais...