Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 21 de septembro de 2017

Artesanato e tradições reúnem-se no mercado do Sexta-feira Maior

Mais de 300 postos participarão na festa desta localidade {hurdana}

SARA CID
03/08/2017

 

Como cada ano na localidade que pertence a Las Hurdes de Pinofranqueado, terá lugar o Sexta-feira Maior. Tradição de grande enraizamento que citará amanhã a todos os habitantes e forasteiros que desejem visitar o município nestas datas. Não faltará a artesanato, a cultura, nem naturalmente, as tradições. Na Sexta-feira Maior celebra seu décimo quinta edição dedicada, especialmente, à indústria, o turismo e aos produtos típicos da zona. Esta festa celebra-se o primeiro sexta-feira de Agosto, consiste num grande mercado que praticamente ocupa as principais ruas do povo/vila e onde se pode encontrar de tudo.

O epicentro do Sexta-feira Maior de Pinofranqueado é o citado mercado, dia tradicional e inevitável para todos os vizinhos/moradores e visitantes da região. E, embora o mercado seja tradicional, não se limita à única tarefa de compra e venda de produtos mas os {mercaderes} animam à pessoas a ser partícipes desta maravilhosa festa e do aprendizagem dos processos de elaboração dos produtos mais populares.

Prova de isso é a demonstração de olaria ao vivo na qual os visitantes e aldeões poderão apreciar de primeira mão a arte de elaborar objetos de lama ou argila. A isto se lhe somam atividades como a extração de mel ou a elaboração de sabão, onde todos os visitantes podem participar. Este mercado de grande interesse/juro regional, contará com mais de 300 postos, nos que tradição e artesanato serão as pedras {angulares}, como vem celebrando-se desde há quinze anos.

Será desde bem precoce, a partir das 09.00 horas, quando dará começo o mercado de artesanato e produtos locais. Ao longo do dia, se espera que milhares de pessoas passeiem pelas ruas do mercado, enchendo Pinofranqueado de bom ambiente, animação e alegria. Fabricantes e comerciantes de mel e pólen, artesãos da madeira e o vime, oleiros, fabricantes de sabão e um longo/comprido etc. serão os encarregados de levar a artesanato e a tradição até ao mesmo lugar em Pinofranqueado. Os atos religiosos também terão seu lugar nesta festa. Às 11.00 horas celebrar-se-á uma missa em honra a Nossa Senhora da Peña de Francia. E a {jarana} continuará ao longo do dia com a animação da charanga local que não deixará indiferente a ninguém.

Por seu lado, os bares, quiosques e restaurantes da localidade ajudarão a repor forças neste dia tão especial, pondo todo o seu empenho e esmero em oferecer os melhores {pinchos} e tapas que acompanharão às canas. Paralelamente, o momento mais esperado desta jornada é o espetáculo folclórico de {tamborileros}, ataviados com seus {gaitas}, fatos e tamboris. Este momento, que tem lugar na praça/vaga do povo/vila e ao que assistem peritos de toda a região das Hurdes, sem dúvida encherá, ainda mais se cabe, as ruas do povo/vila de alegria e encanto. Desde que esta festa {comenzara} a celebrar-se em Agosto de 2003, sua importância e auge vai-se {acrecentando} com cada nova celebração. Este mercado surgiu com a ideia de promover os produtos da região, a artesanato e as empresas, de modo, que na zona mais destacada deste mercado é onde {encontraremos} a tudo tipo de artesãos e de produtores locais.

Na Sexta-feira Maior de Pinofranqueado congrega a todos os {pinenses} e visitantes num ambiente com espírito {hurdano}.

As notícias mais...