Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 25 de septembro de 2017

La Albuera espera receber/acolher 20.000 visitantes e incorpora uma rota caminhante e um cross

Fomenta a participação popular com uma celebração para toda a família. Desde na sexta-feira até ao domingo a localidade relembra uma famosa batalha

REDACCIÓN
17/05/2017

 

A Batalha da {Albuera}, Festa De Interesse/juro Turístico Regional, comemora neste ano o 206 aniversário desta famosa batalha durante a Guerra da Independência. A celebração recria os factos/feitos acontecidos na localidade o 16 de maio de 1811, quando as tropas francesas lutaram nos arredores do município de Badajoz contra os {anglo}-portugueses e espanhóis, com a morte num só/sozinho dia de perto de 10.000 homens, facto/feito que chegou a comover ao {mismísimo} {Lord} {Byron}.

Neste ano a celebração –que aspira ao Interesse/juro Turístico Nacional- vem com algumas novidades, especialmente se incide numa maior participação de maiores/ancianidade, mulheres e meninos. A representação, que se celebra os próximos dias 19, 20 e 21 de maio, estará acompanhada por outra série de atividades paralelas na qual destacam os processos de Acetre e Manancial {Folk} ou eventos desportivos tais como rotas sendas, marchas populares e rotas em bicicleta.

Em definitiva as atividades diurnas vão a incentivar. De facto, no domingo terá um Cross Popular da Batalha da {Albuera} e uma rota caminhante. Além disso, a participação popular está assegurada com a presença duma vintena de autocarros procedentes de toda a região e Andaluzia.

O presidente da Câmara Municipal Manuel Antonio Díaz anima a visitantes a desempenhar um papel e participar, se assim o desejam, da representação da batalha inscrevendo's na site para tal objetivo ou lutar com o povo/vila durante o fim-de-semana. Confirma que há inscritos participantes britânicos, franceses, portugueses ou polacos.

Após os atos institucionais, que se celebraram ontem terça-feira, o programa de atos continua na sexta-feira 19 de maio com o desfile de todos os regimentos com uniformes de época desde a praça/vaga ao acampamento {festero}, onde terá uma grande verbena popular até à madrugada.

La Albuera recebe cada ano por ocasião de esta Festa de Interesse/juro Turístico mais de 20.000 visitantes que vivem dia e noite este acontecimento. Manuel Díaz destaca que o povo/vila se transborda por completo embora as atividades se repartem ao longo/comprido da jornada.

Díaz destaca não só/sozinho o património histórico e cultural mas também ao valor natural do ambiente desta localidade de Badajoz, com o Complexo {Lagunar} e os planos de La Albuera e Valverde de Leganés.

Rosa María García Llavador e {Marta} {Martínez} Barreira, {monitoras} de lazer e tempo livre do Câmara Municipal de La Albuera se ocupam dos atos da festa, especialmente da recriação histórica e do mercado de época, com perto de 30 stands. Asseguram que se implicam cada ano uns 800 vizinhos/moradores do município. Além disso, asseguram que o número de visitantes que acabam participando em Vive a Batalha supera cada ano o centena. Igualmente enfatizam que a atividade é uma grande proposta de lazer familiar já que podem participar desde meninos até maiores/ancianidade.

A festa conta com o apoio da Diputación de Badajoz, que fixa deste modo seu aposta em o turismo como gerador de desenvolvimento.

As notícias mais...