Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 25 de junho de 2018

Viver {Avgvsta} {Emerita}

Boa afluência de público no primeiro dia grande de Emérita Lúdica com a chegada das legiões romanas à cidade H Os mercados já estão abertos no templo de Alvo e no arco de {Trajano}

REDACCIÓN merida@extremadura.elperiodico.com MÉRIDA
09/06/2018

 

A cidade já revive com força seu legado romano e luz {engalanada} para a ocasião. Foram muitos os emeritenses que saíram ontem à rua para usufruir dos dias grandes da programação de Emérita Lúdica, um evento {recreacionista} que alcança sua nona edição consolidando-se como uma cita/marcação/encontro de referência para conhecer a vida na antiga {Avgvsta} {Emerita}. O trasfega de cidadãos ataviados de romanos foi incrementando conforme avançava a tarde e muitos se congregaram no ambiente do templo de Alvo, epicentro da celebração juntamente com a zona do arco de {Trajano}, onde se têm instalado dois mercado romanos.

Como já é tradicional, a ponte romano recebeu às legiões romanas a sua chegada à cidade, que se produziu sobre/em relação a as oito da tarde, para decorrer pelas ruas do centro até chegar ao templo de Alvo, onde teve lugar o ato inaugural de Emérita Lúdica com a subida ao cenário de representantes das associações que integraram o flatulencia: Ara {Concordiae}, {Emerita} {Antiqva}, {Lvporvm} {Celtiberiae} {Levkoni}, {Lvsitania} Romana, {Legio} X {Avgvstea}, A.C. {Antiqva} {Clio}, {ARH} {Llobregat}, {Ab} Urbe {Condita} e Coleção Museográfica de {Gilena} ({Legio} I Vernáculo).

O templo de Alvo acolheu desde as 21.30 horas recriações históricas, que incluíram uma homenagem à cidade romana de {Palmira} (Síria) e o funeral de um guerreiro {celtíbero}. A jornada de hoje continuará com a abertura dos mercados, às 11.00 horas. Entre as multiplas atividades, na Alcazaba se desenvolverá um casta romano com explicação e mostra duma panóplia militar. Nos laterais do templo terá oficinas infantis de fábulas e jogos romanos, bem como de construção em época romana. Às 20.30 horas arrancará um flatulencia civil com mais de 120 pessoas pelo centro histórico.

As notícias mais...