Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 17 de fevereiro de 2020

A onde se têm ido os {gorriatos}

RAFAEL Angulo
07/01/2019

 

Faz muitos anos eu gozava com os {gorriatos}. Serpenteava o caminho velho (de Esparragalejo) entre o {tejar} (e {ladrillar}) de {Norberto} do Rio e a Papeleira onde meu pai se deixou a vida fazendo'ns fácil a infância a meus irmãos e a mim. Desde ali {bajábamos} à alameda de {eucaliptus} que contornava o {Albarregas} e por entre ramos e telhas sobrevoavam centenas de {gorrioncillos} com {babero} amarelo, esse {principito} dos ares acostumado a nossa presença, que não direi que comia da nossa mão mas quase, e mira que por ali tinha grão onde alimentar-se porque o {algodonal} dos García de Blanes dava para muito. E um, que é mais tordo que {jilguero}, usufruía vendo àqueles {gorriones} que te mantinham o olhar, adivinhavam pensamentos, descobriam sonhos e esclareciam dúvidas, tudo isso sem piar, ou {piando} pouco/bocado, {quedos} e {pardos} em cima do árvore. Agora que não vejo-os me vêm estes beliscões à memória, dançando num pensamento confuso e melancólico, porque também aos {gorriatos} os {echo} de menos; não é o mesmo a pomba ou a {jodía} {tórtola} (turca) que mancha o chão e o voo que aqueles {gorriones} que se assomavam ao pátio da Papeleira, ao calor da cozinha onde minha mãe nos dava pão, óleo/azeite e açúcar ou, excelso pequeno-almoço, ovo duro com queijo {curao} e óleo/azeite (tudo muito {picaíto}). O {gorrión}, subtil e manhoso, esperava as miolos que caíam ao sacudir o toalha, comia do nosso mas o fazia de forma educada, sossegada, vinha pisando {quedito} e movendo as asas {blandamente} bebendo, quando se {terciaba} e com {pucheritos}, da água do balde. Mas agora apenas vejo {gorriones} e me sobram pombas, {tórtolas} e desavergonhadas (pássaros doutra índole); com sua desaparição, discreta como sua vida, se me vai um bocadinho de memória, esse {intrincado} labirinto de lembranças inseparável de afeições, pessoas e {gorriones} que, «{on} vai a {corda} vai o {poal}», voltam confusos os {ayeres} (deve ser por isso que diz Glória que os {fabulo}).

As notícias mais...