Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 25 de junho de 2018

O novo quartel da Guardia Civil na Argentina estará operacional/operativo em breve

Se está ultimando a posta prestes a as instalações para a sua posta em marcha. O imóvel foi {recepcionado} no mês de Maio após ser reformado o prédio

REDACCIÓN
01/06/2018

 

A abertura do novo quartel da Guardia Civil está um pouco/bocado mais perto de ser uma realidade. Segundo informam a este diário/jornal fontes da Guardia Civil, o prédio foi {recepcionado} no passado mês de Maio depois de/após que finalizassem os processos de reforma das instalações, e está previsto que sua posta em funcionamento se produza em breve. Concretamente, a adequação do imóvel está terminada à espera de que conclua a dotação do mobiliário, a instalação de recursos informáticos e demais questões organizativas necessárias para que possa abrir as suas portas.

As novas dependências da Guardia Civil se localizam no número 45 da rua Quadro {Agripa}, no bairro da Argentina, no mesmo lugar onde durante 50 anos esteve a esquadra da Polícia Nacional, até que no ano 2011 se transferiu ao Terceiro Milénio. No novo quartel se instalarão o Posto de Seguridad Ciudadana, a Escol da Companhia Territorial de Mérida, o {Seprona}, Intervención de Armas e a Polícia Judicial da Guardia Civil, uns serviços que agora estão na Escola de Trânsito, onde seguirão/continuarão permanecendo os efetivos de Trânsito e a academia de formação.

Cabe {recordar} que a Câmara Municipal emeritense cedeu o imóvel no 2012 à Comando da Guardia Civil para que pudesse instalar-se ali o aquartelamento geral de Mérida. O objetivo do transferência de parte dos serviços da Guardia Civil é que os cidadãos contem com umas instalações adequadas e mais próximas que a Escola de Trânsito para poder/conseguir apresentar denúncias ou realizar qualquer tipo de trâmites administrativos.

Após um paralisação de dois anos, no 2014 se retomaram as gestões com a ideia de que o transferência estivesse culminado no 2015. No entanto, não foi até Junho de 2016 quando o Boletim Oficial do Estado ({BOE}) publicou o anúncio de licitação das obras por parte do Ministerio del Interior. Meio ano mais tarde, em Fevereiro de 2017, os trabalhos foram adjudicados à empresa de Badajoz Construções Campo Extremenho S.L. por um montante total de 276.104 euros. Como Interior tirou a obra a concurso por 405.945 euros, a diminui sobre/em relação a o tipo de licitação alcançou o 32%.

O prédio que albergará o novo quartel ocupa um solar de 1.600 metros quadrados, consta de três plantas e uma garagem. O imóvel só/sozinho albergará dependências oficiais da Guardia Civil, e não habitações, tal como a Associação Unificada de Guardas Civis (AUGC) de Badajoz vinho reclamando nos últimos anos.

As notícias mais...