Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 24 de septembro de 2018

IU critica que não se conheça o tribunal do plano de emprego

REDACCIÓN MÉRIDA
03/01/2018

 

IU Mérida pediu ontem ao Plantel/elenco de Governo que explique os motivos pelos que «tem incumprido a obrigação» de publicitar a composição do tribunal encarregado de fazer a seleção de pessoal para o Plano de Emprego Social.

Segundo recorda a formação, a publicação da identidade dos membros dos tribunais encarregados do desenvolvimento e nota dos processos seletivos é uma obrigação para as administrações públicas, como meio estabelecido para garantir que seus membros cumprem os requisitos legalmente estabelecidos para o desempenho dessa responsabilidade. «Este situação pode prejudicar o grau/curso universitário de transparência exigível no desenvolvimento da seleção vinculada aos postos que se cobrirão mediante a convocatória do Plano de Emprego Social», assinala IU.

Para o jogo/partido de Álvaro Vázquez, «chama a atenção» que um governo que faz tão somente um par de meses mostrou-se a favor da elaboração de um regulamento sobre/em relação a os processos seletivos e a composição dos tribunais de seleção da Câmara Municipal não acate o regulamento no primeiro processo de seleção que leva a cabo a Câmara Municipal após a aprovação desta iniciativa. Por isso pede uma explicação à Câmara Municipal e, concretamente, à delegada de Pessoal.

As notícias mais...