Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 21 de agosto de 2018

O Glorioso Benfica

RAFAEL Angulo
12/02/2018

 

Al {Barca} lo fundó un suizo, Joan Gamper (Barca porque não sei pôr a ‘c’ com {rabito} e me poupança o anedota); na sua primeira diretiva figuravam {Morris}, {Steinberg}, {Wilty} e {Harris}. Figuras históricas foram {Kubala}, Cruyff, Messi, Diego Armando ou meu apreciado {Cholo} {Sotil}, o de «mamã, {campeonamos}».

Ainda lembrança o golaço de {Koeman}, aos de {Boer} e a {Kluivert} (elaborando catálogo de discotecas). De {Stochikov} nem lhes falo, pela conta que me tem. De {Chicho} {Sibilio}, também não, porque usava outra bola. Preocupante é que Juan Carlos, Guillermo ou José Antonio digam que são {culés} (que lhes sobressai o rabo, para entender-nos) dadas suas altas responsabilidades e sua oposição/concurso público à escravidão (que vem a ser o trato que nos dispensavam aos extremenhos nos 60 catalães).

Mas de cores se vestem os campos de futebol nas primaveras e a fidelidade uma equipa supera partidos políticos, amizades, esposas e cunhados. Apesar de que esta época, graças a um conterrâneo de Viandar da Vera, {apodado} {Txingurri}, estão que se saem (ao que ajuda que o Madrid não só/sozinho vai de branco mas está em branco), e tão sobrados vão que a estratagema, que introduziu {Venables}, de orientar aos dianteiros no lançamento de um pontapé de canto assinalando os dedos, a têm substituído apalpando's outra coisa ou, pior, tirando os cornos à hobby/adeptos após meter um golo.

Mas se calhar esqueçam que em futebol, como na vida, não há campeão sem sorte (salvo se {eres} alemão) e que ainda faltam partidos e verbas/partidas. Com tudo, conseguiram aborrecer-me dalguns sapos azuis-vermelhos, demasiados difíceis de tragar. Al Barca já o {considero} uma etapa passageira, como o {pañal}, o mamadeira, o PP ou eu mesmo. Entre o futebol e a situação política me {arrecian} a vontade de fazer-me português e voltar a meu plantel/elenco de pequenino, o Benfica. O Glorioso {campea} sobre/em relação a Lisboa e, estes, não enganam a ninguém.

As notícias mais...